No cassino clandestino foram flagrados cerca de 15 jogadores em frente às 23 máquinas caça-níqueis

A Guarda Municipal em apoio com a Polícia Militar realizou na noite da última quinta-feira, dia 27, o “estouro” de um cassino clandestino em Araras na região central do município. No momento do flagrante haviam 15 jogadores além de 23 máquinas caça-níqueis no local. A prática é ilegal no Brasil.

A ação ocorreu por volta das 19h30 por conta de uma denúncia anônima feita à guarda. Os GMs da GAM (Grupo de Apoio com Motocicletas) se aproximavam do local para averiguar a informação até serem encontrados por PMs da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) que em acordo decidiram realizar a abordagem juntos.

No cassino clandestino foram flagrados cerca de 15 jogadores em frente às 23 máquinas caça-níqueis
No cassino clandestino foram flagrados cerca de 15 jogadores em frente às 23 máquinas caça-níqueis

Chegando nas proximidades do local, os agentes perceberam a presença de muitos veículos ao redor do prédio, sendo esses carros em sua maioria com placas de outras cidades da região. Os policiais e guardas também perceberam que não havia ninguém nas proximidades e suspeitaram que estariam todos no andar superior do prédio, já que por meio da janela podiam ver luzes e uma movimentação suspeita.

Ao baterem na porta, os agentes perceberam que as luzes do local foram apagadas propositalmente com o intuito de disfarçar a presença de jogadores. Os homens bateram novamente na porta e ninguém abriu, então decidiram invadir o local.

Lá foram flagrados cerca de 15 jogadores em frente às 23 máquinas caça-níqueis, além de uma mulher que se identificou como administradora do cassino clandestino, entretanto ela não falou quem era o proprietário, alegando não saber. Ninguém foi preso durante a ação, mas todos fichados e levados para a Delegacia de Polícia Civil de Araras. As máquinas e uma quantia de aproximadamente R$ 300,00 foram apreendidas. Peritos também estiveram no cassino.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*