VEÍCULOS

Foi uma agradável surpresa, sem dúvida, saber que Araras tem mais de 100 mil veículos como informado pela redação do Opinião na edição de sábado. Um veículo para cada 1,3 habitante, um cenário de país desenvolvido.

 

POSSE

Ao noticiar na última edição a presença na Rede Opinião de TV do deputado eleito Danilo Balas na segunda-feira, a coluna informou que a posse dele e dos demais eleitos no pleito de 2018 seria em 1º de março. Será no dia 15 do próximo mês, como, aliás, informação bem anterior…

 

JORNAIS

Na atual crise em setores da imprensa escrita mundial o “Estadão” inovou: está fazendo circular às sextas-feiras tabloides gratuitamente com 16 páginas na capital. Tiragem de 150 mil exemplares, quase inteiramente colorido. O nome da publicação é “Estadão Expresso”.

 

EDUCAÇÃO

Projeto do secretário da Educação de Limeira, André Luis de Francesco, cujo nome é “Escola Cidadã”, quer levar a família dos alunos nos fins de semana à escola, com atividades culturais e esportivas, além, evidentemente, da aproximação entre as famílias dos estudantes… Interessante!

 

DISPUTA

Deputada mais votada na história do país (2.060.786 votos), Janaína Paschoal, PSL, seria, naturalmente, a presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo. Terá pela frente o atual presidente, Cauê Macris (114.690 votos), que tem o apoio dos grandes partidos da Casa… Inclusive do PT…

 

HOMENAGEM

Está tramitando na Câmara Municipal de Araras projeto de lei do Executivo Municipal denominando profª Maria Terezinha Pires Barbosa Ulson a escola municipal de ensino fundamental, localizada no Jardim Esmeralda, na zona norte. A homenageada, como sabido, foi professora na cidade, tendo passado por sua classe milhares de ararenses. Nascida em Guaratinguetá, dona Terezinha veio muito jovem para lecionar em nossa cidade, onde conheceu o marido, Dr. Edmundo Ulson, de família tradicional ararense e com quem se casou, gerando seis filhos, mais uma adotiva. Foi a propulsora do Unar – Centro Universitário Dr. Edmundo Ulson. Faleceu em 2017 e sempre foi uma batalhadora na área da Educação. Muito oportuna a homenagem, realmente.

 

CONCORRÊNCIA (1)

Causa espanto em todo o País, apesar da crise, a chegada de tantas farmácias em praticamente todos os municípios com mais de 90 mil habitantes. São redes internacionais que “descobriram” o Brasil para seu negócio. Contudo, há problemas no mercado, como o fechamento em Araras, anunciado pela coluna, da Farma Conde, há dias. A gigante CVS, a maior rede de varejo farmacêutico dos Estados Unidos, que faturou quase 200 bilhões de dólares por ano, iniciou conversa com bancos de investimentos para tentar vender a Onofre, depois de “falhar na estratégia de dar escala ao negócio para enfrentar outras gigantes como a Raia Drogasil e a DPSP (união das drogarias Pacheco e São Paulo).

 

CONCORRÊNCIA (2)

A presença da Onofre no Brasil é “discreta”, com apenas 51 unidades. A Raia Drogasil tinha no terceiro trimestre de 2018 total de 1.768 unidades. E em meio a tanta disputa por clientes, louve-se a presença em Araras de empresas genuinamente ararenses e que conseguem se manter no mercado com sucesso, como é o caso da Farmad, com três unidades em nossa cidade!

 

REVISTAS

As duas principais revistas do País circularam no final de semana com os seguintes assuntos. A “Veja”, da Abril, chamou para matéria interna o assunto do momento: “Desmamando dos Privilégios”, informando que “Com um ambicioso projeto de reforma da Previdência que ataca a desigualdade dos benefícios, Bolsonaro faz a grande aposta de seu governo”. Já a “ISTOÉ” abordou “A Queda do Homem que Sabia Demais”, referindo-se à saída do ex-presidente do PSL e agora ex-ministro de Bolsonaro e acrescentando que “IstoÉ obteve o conteúdo das principais bombas que o ex-ministro Gustavo Bebianno, demitido nesta semana em meio à maior crise política do governo, ainda pode detonar. Os assuntos envolvem a contabilidade eleitoral feita pela sua esposa, a advogada Renata Bebianno, os repasses milionários do PSL para candidaturas nos estados e os bastidores do processo no STF que evitou que Jair Bolsonaro se tornasse inelegível”.

Valentim Viola é Fundador e Diretor do Opinião Jornal desde 31 de março de 1969
Valentim Viola é Fundador e Diretor do Opinião Jornal desde 31 de março de 1969

Mais notícias

COMPARTILHAR