Destruir as notas propositalmente durante uma tentativa de assalto à caixa eletrônico é a alternativa da Secretaria de Segurança

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo anunciou durante a semanapassada uma medida para ajudar a combater ataques a caixas eletrônicos. Na próxima sexta-feira, dia 20, será realizada uma reunião com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) para sugerir adoção de tecnologia que inviabilize a utilização de notas de caixas explodidos.

Em nota enviada à imprensa, o secretário da Segurança Pública Alexandre de Moraes, justifica o anúncio. “O encaminhamento de uma nova legislação ao Banco Central visa acabar com esse óbice da não destruição de notas”, comentou o secretário, que explicou que na própria explosão várias notas já são destruídas.

Ainda de acordo com o secretário, o banco tem a possibilidade de saber o numeral de cada cédula que está nos caixas. “Com a destruição, torna-se inútil o furto ou roubo a caixas eletrônicos. Eu tenho absoluta certeza que a Febraban vai ‘andar de mãos dadas’ com o Governo do Estado para resolver rapidamente esse problema”, finalizou.

Nessa semana a região de Araras teve um crime dessa espécie, quatro homens armados invadiram a fábricaPapirus às margens da Rodovia Anhanguera (SP-330), em Limeira/SP, e explodiram um caixa eletrônico. O grupo conseguiu fugir com o dinheiro.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*