Uso das bicicletas permite mais agilidade dos guardas para atender casos de roubos e furtos

A ronda feita com bicicletas foi reativada pela Guarda Municipal de Araras. Segundo a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, os novos GMs que se formaram no final do mês de maio já estão realizando este serviço.

Oito guardas, divididos em grupos, fazem a ronda nas principais ruas do Centro da cidade – que concentra grande fluxo de pessoas e veículos – e em locais onde a ação de marginais, principalmente nos furtos de veículos, é mais intensa. Os pontos foram definidos após levantamentos realizados pela corporação.

Uso das bicicletas permite mais agilidade dos guardas para atender casos de roubos e furtos
Uso das bicicletas permite mais agilidade dos guardas para atender casos de roubos e furtos

O uso das bicicletas permite mais agilidade dos guardas para atender casos de roubos e furtos nestes locais. Viaturas, muitas vezes, encontram dificuldades para perseguir suspeitos em meio ao trânsito, especialmente nos horários de fluxo mais intenso de veículos.

“A fiscalização empregando bicicletas é muito eficaz, pela sua flexibilidade, principalmente na região central da cidade, pois o guarda consegue atuar no trânsito e na prevenção de delitos, podendo solicitar ajuda das viaturas que estão em outros bairros, caso haja necessidade”, esclarece o secretário de Segurança Pública e Defesa Civil João Tranquillo Beraldo.

Os 58 novos GMs que concluíram o curso de formação, no último dia 30 de maio, estão em fase de adaptação para que possam atuar normalmente nas diversas modalidades de patrulhamento realizadas pela Guarda Municipal de Araras, como rondas comunitárias, auxílio na orientação e fiscalização do trânsito, e guarnecendo setores fixos. No momento, não realizam atividades compondo guarnições em viaturas das Rondas Comunitárias, até que recebam o porte de arma e os coletes balísticos.

“Por enquanto, os novos guardas municipais atuarão sempre em grupos, em locais em que possam ser apoiados pelas guarnições de serviço normal, priorizando a área central, utilizando as tonfas, classificadas como armamento não letal, e não realizarão rondas com viaturas”, disse o secretário. (Com informações Secom).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*