A cidade de Araras é conhecida na região como relativamente pacífica em comparação com índices de criminalidade de cidades como Limeira e Rio Claro, no entanto, às vezes ocorrências inusitadas acontecem como a da manhã de ontem, dia 3, em que um homem de 31 de idade afirmou ter sido assaltado por um travesti. O crime aconteceu dentro do motel e segundo a vítima o motivo foi que ele achava que o suspeito era uma mulher e não um homem.

A ocorrência foi apresentada na delegacia de Polícia Civil de Araras e foi necessária a presença de uma intérprete, já que a vítima possui deficiência auditiva e também não conseguia se comunicar com os policiais escrivães. Segundo a interprete, o homem, que é vendedor ambulante, estava passando na avenida Dona Renata, nas proximidades do Terminal Rodoviário, até que avistou o travesti e solicitou o programa.

Após o travesti entrar em seu carro, ambos foram para o motel e de acordo com o homem ficou surpreso ao descobrir que não era uma mulher e sim um homem. Neste momento ele se negou a ter relações sexuais com o travesti, entretanto o mesmo exigiu que ele entregasse todo o dinheiro que possuía, uma quantia de R$600 e ainda o levasse novamente para as proximidades da rodoviária.

Logo após o travesti desembarcar, o homem foi até a Polícia Militar comunicar o fato. Segundo ele, o ladrão seria moreno, de cabelos castanho, pernas e brações fortes e 1,80cm de altura. Até o fechamento desta edição ninguém foi preso.

(Lucas Neri)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*