Disparos aconteceram na Vila São Jorge e nas proximidades do Condomínio Arnaldo Mazon, no bairro Narciso Gomes (Foto: Ilustrativa)

Mulher de 25 anos assumiu o crime, mas depois mudou versão. Ela foi ouvida e liberada

Um homem de 37 anos foi morto a pauladas em Rio Claro/SP na segunda-feira (22). Segundo a Polícia Militar, uma mulher de 25 anos assumiu o crime, mas depois mudou a versão. Ela foi ouvida e liberada.

O crime aconteceu na Avenida Brasil, no Sítio Lagoa Seca, no distrito industrial. Os policiais encontraram o corpo de Domingos Soares dos Anjos após receberem informações de moradores que uma mulher era autora do homicídio.

De acordo com a PM, a mulher levou os policiais ao local onde o homem estaria morto. Lá, eles encontraram a vítima sem vida e com ferimentos no rosto causados por um pedaço de madeira, que estava ao lado do corpo.

Em seguida, a mulher mudou a versão e contou aos polícias que usava drogas junto com o homem quando o atual companheiro dela chegou ao local e desferiu pauladas.

Ao perceber que teria cometido o homicídio, o homem teria fugido levando o celular, um cartão de crédito e a moto da vítima.

A mulher foi encaminhada ao Plantão Central para prestar depoimento e depois liberada. O suspeito de cometer o crime ainda não foi localizado.

Fonte: G1

Outras notícias

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*