O criminoso foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e posse ilegal de arma

Uma briga em um bar na zona rural de Araras quase acaba em uma tragédia fatal na madrugada deste domingo, dia 31. Um homem de 28 anos de idade tentou matar outro homem, de também 28 anos, com um tiro na cabeça que por pouco não acertou e pegou apenas de raspão em sua testa. O motivo foi uma briga envolvendo o acusado, a vitima e seu pai.

O desentendimento teve início após uma briga entre o acusado e o pai da vítima, um homem de 55 anos, que recebeu um tapa no rosto do homem que tentaria, minutos depois, matar seu filho. De acordo com testemunhas que estavam no local, o homem estava tentando arrumar briga com todos.

O criminoso foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e posse ilegal de arma
O criminoso foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e posse ilegal de arma

Ao ver seu pai ser agredido, o filho tomou as dores e foi tirar satisfação com o autor, o que acabou ocasionando outra agressão, dessa vez por parte do filho que defendia seu pai. Ainda conforme testemunhas, logo após ser agredido e ficar ferido o criminoso foi embora do bar, mas retornou minutos depois.

Após 20 minutos depois de ser agredido, o autuado retornou até o local, mas dessa vez armado com um revolver calibre 32 totalmente municiado. O homem, que havia trocado de roupa e estava com uma touca ninja cobrindo seu rosto, foi diretamente até o rapaz que lhe agrediu e então apontou o revolver para seu rosto e no momento em que foi efetuar o disparo a vítima foi mais rápida e se esquivou da trajetória da bala tentando desarmar o possível homicida. A bala passou próxima ao rosto do rapaz pegando de raspão em sua testa, inclusive gerando um ferimento leve.

Logo após toda a ação, a vítima e seu pai fugiram em direção aos seus veículos, enquanto os próprios frequentadores do local dominavam e desarmavam o autuado. O homem ainda foi agredido por alguns clientes. A Polícia Militar foi até o bar e encontrou o homem jogado no chão com alguns ferimentos pelo corpo. O dono do estabelecimento entregou o revolver aos policiais que verificaram que haviam ainda cinco balas intactas e uma deflagrada. O armamento estava com a numeração visível também.

O criminoso foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e posse ilegal de arma. O homem ainda foi levado para a Cadeia Pública de Pirassununga/SP e depois transferido à Penitenciária de Itirapina/SP.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*