Itália
Equipe da Itália foi a campeã do Campeonato de Veretanos 5.0.

As finais do Campeonato Interno de Minicampo Veteranos 5.0, competição organizado pela Sala de Esportes do Sayão Futebol Clube, definiu as equipes vencedoras da edição de 2015. Nos jogos disputados na última quarta-feira, dia 17, nas dependências do clube, o time Itália sagrou-se campeão do torneio, após vencer o Brasil pelo placar de 5 a 2. Já na disputa pelo 3º lugar, a Inglaterra levou a melhor e derrotou a Argentina por 6 a 3. (Confira a tabela de premiação no final da matéria)

ademir da guia interna
Ademir da Guia (à esquerda) ao lado do presidente do Sayão Futebol Clube, Enderson Mercatelli.

Na festa de encerramento do campeonato, realizada na última sexta-feira, dia 19, no salão social do Sayão Futebol Clube, esteve presente o ex-jogador Ademir da Guia que é considerado o maior ídolo do Palmeiras, clube no qual defendeu durante o período de 1962 a 1977. Durante a confraternização, “Divino” (como era chamada pela torcida e imprensa da época em que jogava) participou também da partida entre as duas seleções do torneio, que foram formadas por jogadores dos times que disputaram a competição. Na ocasião, da Guia mostrou sua habilidade no futebol e ainda marcou gols pela sua equipe.

“Fico muito orgulhoso de poder participar deste evento, além de jogar e brincar também. É claro que não é mais como profissionalismo, mas tudo isso é muito importante. Agradeço o convite da diretoria do Sayão”, disse Ademir da Guia, que ao final dos festejos entregou o troféu “A Lenda” para o atleta Marcos Carandina.

Já o presidente do Sayão Futebol Clube, Enderson Mercatelli, comentou sobre a participação do ex-jogador. “É muito importante para nós ter a presença desse mito do futebol que foi o Ademir da Guia. Sua atuação agraciou ainda mais o nosso evento”.

 

Ademir da Guia

Nascido em 3 de abril de 1942, natural da cidade do Rio de Janeiro/RJ, Ademir da  Guia iniciou a sua carreira como jogador profissional em 1960 defendendo a equipe do Bangu, onde permaneceu até o ano de 1961. Em 1962, da Guia transferiu-se para a Sociedade Esportiva Palmeiras e vestiu a camisa do Verdão até o ano de 1977. Durante esse período, o ex-jogador tornou-se o maior ídolo da torcida palmeirense.

Titular absoluto da equipe, o ex-atleta ajudou o Palmeiras a ser um dos únicos clubes brasileiros a “bater de frente” com o Santos de Pelé. Na passagem pelo Alviverde, “Divino” – apelido que herdou de seu pai, Domingos da Guia – marcou mais de 150 gols, além de conquistar cinco títulos estaduais e nacionais.

Também é tido como um dos craques mais injustiçados da história do futebol brasileiro, pois durante toda a sua longa carreira, foi convocado apenas 14 vezes para a Seleção, e disputou apenas uma partida em Copas do Mundo que foi a de 1974, quando o Brasil já estava desclassificado, na disputa pelo 3º lugar contra a Polônia. (fonte: Wikipédia)

 

 

Campeonato Interno de Minicampo Veteranos 5.0

 

Classificação Final
Campeão Vice-campeão 3º lugar 4º lugar
Itália Brasil Inglaterra Argentina

 

Premiações
Artilheiro Defesa Menos Vazada Equipe Disciplina
Walter Michielin – 17 gols Itália – 25 gols Brasil – 13 cartões amarelos

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*