Tributação sobre entidades religiosas, não passa de notícia falsa

A suposta declaração atribuída ao comandante do Superministério da Economia, Paulo Guedes, nunca existiu.

O desmentido veio da Assessoria de Imprensa do futuro ministro.

Segundo reportagem do UOL, também não há registro da fala em entrevista ao Canal Globonews, onde teria dado a informação.

A fake news falava sobre novos impostos para igrejas evangélicas e comparava o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, ao ditador nazista, Adolph Hitler, com informações igualmente equivocadas.

Mais Notícia

COMPARTILHAR