investigações, em segredo de justiça, da polícia de Araras que levou à detenção de três pessoas, entre elas o chefe da quadrilha e sua mulher, ambos da zona sul de São Paulo/SP, e também um morador de Araras

Gabriel Ciriaco Elias e Douglas Silva de Freitas foram baleados por um indivíduo armado

Gabriel
Gabriel Ciriaco Elias foi atingido por vários disparos e morreu no local do crime.

Dois jovens foram baleados no Parque Dom Pedro na tarde da última terça-feira (8). Gabriel Ciriaco Elias (20) foi atingido por vários disparos, vindo a óbito no local. A outra vítima, Douglas Silva de Freitas (22) foi socorrido e levado ao pronto-socorro da Santa Casa de Araras, onde passou por uma cirurgia.

Segundo informações registradas na Delegacia de Policia Civil, Douglas estava em sua residência, localizada na rua Otávio Nucci, quando Gabriel entrou correndo no local, enquanto era perseguido por um homem armado que atirou diversas vezes contra as vítimas. Gabriel foi atingido por vários disparos, morrendo no local.  Ainda, de acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito estaria acompanhado de outro homem que permaneceu no interior de um veículo desconhecido durante o crime.

Equipes técnicas do Instituto de Criminalística e do Instituto Médico Legal de Limeira estiveram no local, atestando que foram encontrados cinco projeteis de calibre não identificado próximos ao corpo de Gabriel.

Até o fechamento desta edição ninguém havia sido identificado ou preso pelo crime, que será investigado pela equipe de inteligência da Polícia Civil de Araras. O Opinião Jornal entrou em contato com a Santa Casa de Araras, mas também não obteve informações a respeito de estado de saúde de Douglas.

Giovanna Peterlevitz

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*