As baterias de exames englobam testes motores, fisiológicos e específicos da modalidade
As baterias de exames englobam testes motores, fisiológicos e específicos da modalidade

O início da temporada do Projeto Kimono de Ouro de Araras é de experiência inédita no judô de base nacional. Desde a última semana, 26 atletas da turma de rendimento do projeto são submetidos a um cronograma de avaliações multidisciplinares, que incluem testes físicos, fisiológicos, psicológicos e nutricionais. O planejamento segue até o dia 30 de janeiro, com diferentes etapas de abordagem.

Os 26 judocas foram divididos em duas equipes com treinos distintos, dos quais todos os resultados serão comparados. Desse total, 10 atletas são monitorados em todos os momentos do treinamento. As baterias de exames englobam testes motores, fisiológicos e específicos da modalidade. Os judocas também realizam avaliações pré e pós cada sessão de treino.

“Nossa equipe de rendimento está sendo avaliada em três etapas, através de um trabalho que inclui, quase que em tempo integral, toda a equipe multidisciplinar do Projeto Kimono de Ouro, além de contar com a colaboração dos atletas. Por meio de uma parceria inédita com as universidades Unesp e Unimep, poderemos monitorar e avaliar alguns dados que não estariam disponíveis sem esta estrutura. Ao final de toda essa experiência, nossa meta é analisar as diferenças dos métodos de treinamento tradicional com os programas baseados nas unidades funcionais do judô”, explica o preparador físico Paulo Roveroni.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*