Da esquerda para direita, Heitor Prata, professor Marcos Mercadante e Matheus Amarante no exame de graduação do último sábado
Da esquerda para direita, Heitor Prata, professor Marcos Mercadante e Matheus Amarante no exame de graduação do último sábado
Da esquerda para direita, Heitor Prata, professor Marcos Mercadante e Matheus Amarante no exame de graduação do último sábado

Os judocas Heitor Prado e Matheus Amarante, do Projeto Kimono de Ouro, participaram do exame de graduação, promovido pela FPJ (Federação Paulista de Judô) com chancela da CBJ (Confederação Brasileira de Judô) e foram aprovados para a faixa preta. O evento ocorreu no último sábado (28), no Clube Juventus, em São Paulo/SP.

E a conquista não aconteceu em uma data qualquer. Heitor e Amarante tornaram-se faixas pretas no Dia Mundial do Judô, celebrado propositalmente em 28 de outubro por ser também o aniversário de Jigoro Kano, criador da modalidade. Ambos serão homenageados em dezembro, na tradicional Premiação dos Melhores Judocas do Ano, feita anualmente pela Associação Marcos Mercadante de Judô.

“A faixa preta é uma meta de todo judoca e mais dois integrantes do nosso projeto conquistaram este privilégio. Fico feliz por eles, que se dedicaram bastante para ascender a este honroso patamar. Parabenizo o Heitor e o Matheus, e desejo que eles façam muito bom uso desta significante conquista, e com mais essas duas conquistas, a Associação Mercadante formou 44 faixas pretas desde a fundação”, destacou o coordenador do Projeto Kimono de Ouro, Marcos Mercadante. (CF)

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*