Nem só de alimentação balanceada vive o corpo saudável. É necessário muito exercício para entrar em forma, mas muita gente desanima só de pensar em encarar uma aula de ginástica. No entanto, os tempos de malhação sem prazer estão ficando no passado e atividades que unem a diversão aos resultados benéficos estão cada vez mais em alta. Um grande exemplo é o Jump, uma aula com coreografias sobre um trampolim elástico individual, que chega a queimar de 400 a 900 calorias em 45 minutos a 1 hora de aula.

O Jump pode ser utilizado como um meio de conseguir a perda de peso.

 

Por ser um exercício que atua contra a gravidade, seus efeitos tornam-se mais intensos, fato que agrada quem busca uma atividade de alto rendimento, sem falar que pode ser utilizado facilmente por quem quer perder peso de forma saudável e gradual.

Segundo a educadora física e professora de Jump, Vanessa Morgado, da Fisio&Sports de Araras, uma das maneiras mais importantes que o Jump pode ser utilizado é como um meio de conseguir a perda de peso. “Comece a partir de hoje. Inclua duas aulas de Jump semanais em sua vida com foco no emagrecimento e enrijecimento muscular. Os resultados serão surpreendentes”, esclarece.

Outra grande vantagem de fazer aulas é que durante o exercício aumenta-se e muito a aptidão cardiovascular, que envolve o coração e as artérias, além das veias que levam sangue e oxigênio para o coração e para o resto do corpo, fazendo com que esse órgão tão importante funcione melhor. Sendo assim, as aulas tornam também o praticante menos ofegante durante o exercício.

Finalmente, o Jump é uma ótima maneira para melhorar a definição muscular nas pernas e parte inferior do corpo. Os pequenos saltos realizados na superfície elástica aceleram a função de abre e fecha das válvulas dos capilares linfáticos, acelerando com isso o processo de drenagem da linfa e conseqüentemente auxiliando no combate à celulite. Inclui também os benefícios como o alívio do stress, a melhora da coordenação motora, do equilíbrio, o baixo risco de lesão e o impacto reduzido.

Vale ressaltar que o Jump apenas não é recomendado para pessoas com labirintite, com instabilidade nos tornozelos e joelhos e para as grávidas.

As aulas na Fisio&Sports começarão em breve, porém as inscrições já estão abertas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*