Um mal entendido entre quatro criminosos acabou em morte no início da noite da última terça-feira, dia 24, na zona rural de Araras. Um ladrão de 24 anos de idade foi morto após troca de tiro entre uma vítima e criminosos, de acordo com a Polícia os próprios ladrões alvejaram o parceiro por engano. O homem morreu no local.

O crime, que ocorreu em uma fazenda no bairro São Vicente, teve início aproximadamente às 19h15, quando o casal, que trabalha como caseiro na propriedade, foi surpreendido e rendido por dois assaltantes encapuzados enquanto alimentava o bezerro do dono da fazenda.

Segundo uma das vítimas, eles os dominaram enforcando-os com o braço e a todo o momento ficaram com as armas apontadas para suas cabeças sob ameaças de morte. Os bandidos levavam as vítimas dominadas em direção à casa central e também foram surpreendidos por barulhos de tiros vindos de dentro da propriedade. Ao perceberem o perigo, um dos meliantes decidiu largar o refém e correr em direção a casa efetuando disparos, entretanto uma surpresa aconteceu.

Enquanto dois dos bandidos rendiam os caseiros, outros dois comparsas invadiam a propriedade por outro lado, sendo que um deles ao entrar na casa central foi recebido a tiros pelo fazendeiro, que inclusive durante a ação foi alvejado no braço pelo ladrão.

A surpresa ocorreu logo após aquele assaltante que havia corrido em direção a casa efetuar os disparos, já que após isso tudo ficou silencioso, até uma voz surgir de dentro da casa dizendo que o próprio comparsa havia acertado o bandido no interior da residência.

Segundo um dos reféns, nesse momento os ladrões ficaram assustados e então exigiram que o próprio caseiro fosse dentro da casa e arrastasse o corpo do comparsa para fora. O rapaz levou três tiros.

Ainda durante a ação, os bandidos tentaram colocar o corpo dentro do porta malas do carro das vítimas, um Fiat Siena de cor cinza, porém logo perceberam que o comparsa já estaria morto e então o largaram no local.

Os criminosos ainda fizeram o casal de refém, mesmo durante a fuga utilizando o carro da vítima. Os caseiros foram soltos pelos bandidos a dois quilômetros dali em uma estrada vicinal que liga Conchal/SP a Araras. Até o fechamento dessa edição, nem os bandidos e nem o carro da vítima haviam sido encontrados.

O fazendeiro, responsável pela primeira troca de tiros com os ladrões foi levado até o Hospital São Luiz, lá foi medicado e liberado em seguida. Já o ladrão assassinado foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Limeira/SP.

O bandido morto usava uma camisa para cobrir o rosto.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*