Os vereadores aprovaram por unanimidade em primeiro turno o projeto de Lei que dispõe sobre a instituição de diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária do município para o exercício de 2016 na sessão camarária desta segunda-feira, dia 10.

Segundo o projeto de lei, o orçamento estimado é de Araras para o próximo ano é de R$ 485,5 milhões. O 2º turno da votação da LDO ocorrerá na próxima sessão ordinária, no dia 17 de agosto com expediente reduzido a 30 minutos, por determinação do Regimento Interno da Câmara.

Foram apresentadas duas emendas à proposta do prefeito Nelson Dimas Brambilla (PT – Partido dos Trabalhadores), sendo uma da presidente da Câmara, Magda Carbonero Celidorio (PSDC – Partido da Social Democracia Cristã), fez emenda remanejando verba no valor de R$ 600 mil da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas para a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Atividades Motoras.

Já o vereador Francisco Nucci Neto (PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro) fez emenda remanejando o valor de R$ 500 mil do Departamento Administrativo de Praças e Jardins e do Gabinete do Secretário e Dependências, – despesas com propaganda e publicidade -, para a Secretaria Municipal da Saúde.

Todas as emendas propostas foram aprovadas pela Comissão de Finanças e Orçamentos. A decisão da comissão tem caráter terminativo e as emendas foram incorporadas ao projeto. A comissão, que é presidida pelo vereador Carlos José da Silva Nascimento – Zé Bedé (PT) e também composta pelos vereadores Erinson Mercatelli (PSB – Partido Socialista Brasileiro), Mário Corochel Neto – Bonezinho (PP – Partido Progressista), no dia 30 de julho realizou audiência pública para discussão da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) na Câmara Municipal de Araras.

Durante a discussão o vereador Marcelo de Oliveira (PRB – Partido Republicano Brasileiro) parabenizou o projeto e a forma como foram divididos os valores e a dedicação dos vereadores sobre o tema. “Nós temos aqui uma lei orçamentária muito bem elaborada, uma propositura adequada ao município e uma atuação muito importante por parte do legislativo e principalmente da comissão”, disse Marcelo.

O 2º turno da votação da LDO ocorrerá na próxima sessão ordinária, no dia 17 de agosto. Nas sessões que discutem leis orçamentárias o expediente da sessão fica reduzido a 30 minutos, por determinação do Regimento Interno da Câmara.

Ainda na camarária foi aprovado o projeto de Lei de autoria do Executivo que autoriza o convênio com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) com o objetivo de autorizar a celebração de convênio entre o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Araras) e o TJSP para garantir a agilidade no atendimento aos consumidores.

Nesta semana a Tribuna Livre da Câmara de Araras foi ocupada por Mônica Barreto de Souza que falou sobre o desemprego em Araras. Ela iniciou seu pronunciamento ao falar do aumento do número de desempregados no município. “A taxa de desemprego foi a mais alta em dois anos, índice de 7,9% registrados nos três primeiros meses de 2015”, disse.

A vereadora Anete Monteiro dos Santos Casagrande (PSDB) contribuiu. “É muito triste as pessoas estarem desempregadas, foi muito positiva a sua fala, que é um sentimento de uma pessoa que está passando por esta situação. Quero parabenizá-la por sua coragem”, completou.

O vereador Francisco Nucci Neto (PMDB) também disse que achou válida a fala. “Você veio, colocou a sua opinião, sentindo na pele o desemprego, que com certeza ninguém quer passar por isso, e é sempre válido discutirmos uma opinião, de uma maneira consciente de qualquer problema que aflija a nossa cidade”, finalizou.

 

Bonezinho entrega moção ao tenente André de Jesus Borges

Também na sessão o vereador Mário Corochel Neto – Bonezinho (PP) entregou moção de congratulação ao 2º tenente da Reserva da Policia Militar do Estado de São Paulo, André de Jesus Borges, pelos mais de 21 anos de serviços prestados à comunidade ararense.

Bonezinho entregou moção de congratulação ao 2º tenente da Reserva da Policia Militar do Estado de São Paulo, André de Jesus Borges, pelos mais de 21 anos de serviços prestados à comunidade ararense.
Bonezinho entregou moção de congratulação ao 2º tenente da Reserva da Policia Militar do Estado de São Paulo, André de Jesus Borges, pelos mais de 21 anos de serviços prestados à comunidade ararense.

André de Jesus Borges nasceu em 4 de agosto de 1965, em Casa Branca/SP. Borges foi admitido na Policia Militar do Estado de São Paulo em 26 de fevereiro de 1985, e atuou em municípios como São Paulo, Tambaú e Ribeirão Preto.

Em Araras, o tenente desempenha suas funções na Policia Militar desde 15 de outubro de 1993 até sua passagem para Reserva em 28 de fevereiro de 2015, passando pelas graduações de 3º Sargento, 2º Sargento, 1º Sargento, Subtenente, até 2º Tenente.

Também atuou no comando de equipes de policiamento do Rádio Patrulhamento Padrão, no comando de equipes da Força Tática, e por último desempenhou a função de encarregado da administração da 2ª Cia de Policia Militar de Araras. Durante sua carreira obteve láureas de mérito pessoal até o valor de 3º Grau (o valor da láurea se inicia em 5º Grau e termina em 1º Grau).

“Como vereador, legitimamente eleito pelo povo, reconheço aqui o papel importante que o 2º Tenente da Reserva da Policia Militar do Estado de São Paulo, André de Jesus Borges teve, e ainda tem, para o nosso município. Parabéns. Araras se orgulha de você”, disse Bonezinho.

Borges agradeceu a homenagem. “Essa moção me dá ainda mais certeza de que cumpri a minha missão”, falou o tenente.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*