Lica (à direita) ao lado do presidente da Inter de Limeira, Paulo Eduardo de Toledo Barros. (Foto: Divulgação/Inter de Limeira)

Ex-jogador defendeu o Leão da Paulista de 1989 a 2001 e é o oitavo que mais vestiu a camisa da equipe limeirense em sua história

Após 12 anos longe dos gramados, o ararense Alessandro Cristiano Vitorini, ou melhor, Lica Vitorini (como ficou conhecido), terá um novo desafio em sua vida. O ex-zagueiro é o novo diretor de futebol da Associação Atlética Internacional de Limeira, cargo que assumiu na noite de ontem (7).

Lica defendeu as cores do Leão da Paulista de 1989 a 2001, onde disputou 188 jogos e marcou 12 gols, além de se tornar o oitavo jogador que mais vestiu a camisa da equipe limeirense em toda a sua história. Agora como diretor, o ex-capitão terá a oportunidade de ajudar mais uma vez o clube que o revelou ao futebol brasileiro.

“Estou muito feliz com esta oportunidade que a Inter me deu. Sinal que sou muito querido por lá. Como diretor espero ajudar bastante, da mesma forma que ajudei quando era jogador desta equipe que tenho muito carinho. Sou muito grato”, enfatizou o ararense.

Lica Vitorini foi zagueiro da Inter de Limeira por 12 anos, onde disputou 188 jogos e marcou 12 gols. (Foto: Arquivo Pessoal)

Histórico

Lica iniciou a carreira como jogador em 1987, quando foi contratado pelo Leão da Paulista, porém sua estreia no profissional ocorreu em 1989 na partida entre Inter e Corinthians pelo Campeonato Paulista daquele ano, quando o confronto terminou empatado em 1 a 1.

Durante o período de 1989 a 2001, Vitorini deixou o clube por diversas vezes, sendo emprestado a várias equipes como Atlético Mineiro, Fiqueirense, Ceará e Rio Branco. Porém, em 1996 ele chegou também por empréstimo ao União São João, onde foi campeão brasileiro da Série B, título que permitiu a volta do alviverde ararense à elite do Nacional de 97. O ararense também passou pelas categorias de base da seleção brasileira, onde foi campeão sul-americano sub-15 em 1988.

Sexto em pé da esquerda para a direita, o ararense também foi campeão brasileiro da Série B pelo União São João em 1996. (Foto: Arquivo Pessoal)

Na década de 90, no auge de sua carreira, despertou interesse de vários times europeus. Porém, o medo de viajar de avião atrapalhou sua sequência no futebol. Quando atuava pelo Atlético Mineiro, Lica estava na delegação que embarcaria para uma série de amistosos no Japão, mas, momentos antes de subir no avião, o zagueiro abandonou o aeroporto em São Paulo e veio de táxi para Araras. Desde então, o zagueiro teve sua carreira prejudicada, atuando posteriormente em times de menor expressão.

Lica deixou a Inter de Limeira em 2001 e teve passagens por XV de Piracicaba, Atlético de Sorocaba e Joinville – clube no qual encerrou a carreira em 2006. Após pendurar as chuteiras, o ararense trabalhou como treinador em escolinhas da Prefeitura de Araras e também do Sayão Futebol Clube, além de comentarista do programa Futebol Show, transmitido aos sábados pela TV Opinião, com apresentação do jornalista Nilsinho Zanchetta.

Outras notícias

COMPARTILHAR