A presidente da Câmara Municipal de Araras, vereadora Magda Regina Carbonero Celidorio (PSDC), pediu mais atenção do governo estadual para a questão da segurança pública em Araras. Em reunião na sede da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo, na tarde da quarta-feira, dia 1º, a vereadora solicitou o envio de mais efetivo para suprir as necessidades das polícias Civil e Militar da cidade, que atualmente sofrem com falta de funcionários.

Magda (ao centro) com os assessores do secretário-adjunto, em reunião na sede da pasta em São Paulo

No encontro, Magda foi recebida pelos assessores do secretário-adjunto Mágino Alves Barbosa Filho e Adriana Ribeiro Soares de Moraes, que também é promotora de Justiça, e Celso Perioli. A agenda havia sido marcada com o secretário-adjunto, mas Mágino não pode estar presente na ocasião devido a um compromisso de última hora.

Durante a reunião, a vereadora apresentou a realidade enfrentada pelas polícias da cidade. “As polícias Civil e Militar realizam um trabalho muito competente na cidade, mas atualmente sofrem com a grave falta de efetivo. O trabalho poderia ser mais eficiente se o quadro de servidores fosse reajustado para o tamanho da cidade e quantidade de habitantes. Precisamos de uma atenção maior para a nossa segurança pública”, disse.

Magda, que também é 2ª vice-presidente do Parlamento Regional do Aglomerado Urbano de Piracicaba, ainda entregou um ofício em que descreve a realidade sobre os efetivos das polícias Civil e Militar na cidade, situação que classificou como “crítica”. “Há uma defasagem tanto no número de delegados, quanto de escrivães e investigadores. Isso prejudica o atendimento adequado ao público, e torna deficiente a solução de crimes, sendo que o município conta com cerca de 10 mil boletins de ocorrência por ano”, disse a vereadora.

Em relação à PM, Magda também destacou o serviço essencial prestado ao município pela instituição e enfatizou que a eficiência do trabalho realizado está diretamente ligado ao quadro de policiais e à realidade criminal que a cidade enfrenta atualmente. “Os crimes de roubos em geral e furtos de veículos são os que mais preocupam, e merecem atenção especial da secretaria”, relatou a vereadora. Somente no último mês de janeiro foram realizados 40 registros de furtos de veículos na cidade, conforme estatística do próprio site da secretaria.

Magda explicou que, para um trabalho pleno, a 2ª Cia da PM de Araras necessita de, pelo menos, cerca de 40 policiais militares a mais do que o atual quadro. “Não podendo completar esse número, pelo menos a disponibilidade de 15 policiais seria o básico para a atenção que o município necessita”, disse.

A Vereadora ainda destacou que a Prefeitura Municipal hoje presta auxílio ao Estado e disponibiliza servidores para a Polícia Civil, funcionários estes que atuam em cargos de plantonista, para realização de oitivas, no cartório central da Delegacia, e também no atendimento ao público. Além disso, a Prefeitura arca com o pagamento de cinco estagiárias do curso de Direito que atuam na DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) nas funções de elaboração de boletins de ocorrência e também no cartório central. A única funcionária do Estado que atua na Delegacia da Mulher, inclusive, é a delegada responsável.

 

A assessora Adriana se comprometeu a encaminhar as demandas da vereadora ao secretário-adjunto Mágino, e também ao delegado geral da Polícia Civil de São Paulo, Dr. Youssef Abou Chahin, para que as necessidades que Araras enfrenta na questão da segurança pública ganhem uma atenção especial. Com informações da assessoria da vereadora Magda Regina Carbonero Celidorio – PSDC.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*