Cerca de 1.500 cds e dvds, óculos, correntes, bonés, carteiras e outros objetos provenientes de falsificação e/ou contrabando foram apreendidos.

Funcionários do setor de fiscalização da Prefeitura, em conjunto com a Guarda Municipal, apreenderam na tarde da última quarta-feira, dia 4,mais materiais falsificados sendo comercializados. Nas últimas semanas foram realizadas mais apreensões similares no mesmo local.

A ação aconteceu após denúncia anônima de que homens estariam vendendo os materiais na Praça Monsenhor Quércia (Calçadão) e na praça Barão de Araras.

Oito gms e quatro fiscais da Prefeitura participaram da ação. Cerca de 1.500 cds e dvds, óculos, correntes, bonés, carteiras e outros objetos provenientes de falsificação e/ou contrabando foram apreendidos. Dois vendedores ambulantes tiveram seus materiais apreendidos por não terem autorização da Prefeitura para venda dos produtos.

O material falsificado e contrabandeado fica apreendido na Delegacia do Município e depois deverá ser inutilizados. Já os produtos considerados artesanais, como guardanapos e pulseiras, ficam apreendidos no setor de Fiscalização e os ambulantes têm prazo de 12horas para pagar multa e ter os produtos devolvidos; caso contrário, os materiais são doados à entidade assistencial.

“Lembramos que este tipo de atividade ilegal causa prejuízo considerável ao comércio legalizado. Nos casos envolvendo material artesanal, assim que o ambulante apresentar o recibo do pagamento da multa, nós devolvemos os produtos”, comentou o fiscal urbano Marcelo Zanfrili. Os suspeitos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Araras para prestar esclarecimentos e, logo depois, liberados. (Com informações Secom).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*