A denúncia é do vereador Eduardo Elias Dias “Dú Segurança” (PHS), que procurou a reportagem do Opinião para falar sobre o caso

O mau cheiro tomou conta dos lagos do Parque Ecológico e Cultural Gilberto Ruegger Ometto, considerado um dos cartões postais mais importantes de Araras. Quem passa pelo local também observa as plantas sobre as águas, além do assoreamento.

A denúncia é do vereador Eduardo Elias Dias “Dú Segurança” (PHS), que procurou a reportagem do Opinião. “A grande quantidade de plantas aquáticas e de óleo de motor no primeiro lago causou a morte de alguns peixes, além do mau cheiro. A Prefeitura de Araras, junto à Secretaria de Meio Ambiente, precisam tomar alguma providência sobre este caso. Um dos cartões postais da nossa cidade não pode ficar em situação de abandono”, comentou.

A reportagem do Opinião esteve no local e constatou a grande quantidade de plantas sobre a água, além de resíduos como óleo de veículo e o mau cheiro. (Foto: Opinião)

A reportagem do Opinião esteve no local e constatou a grande quantidade de plantas sobre a água, peixes mortos boiando, além de resíduos como óleo de veículo. Outro problema, que, inclusive, permanece há anos, é o assoreamento no lago superior. “Já fizemos diversas indicações e cobranças para que seja feito o desassoreamento do primeiro lago, pois o problema está se alastrando há anos e nada é resolvido. A cobrança continua e esperamos que alguma coisa seja feita. Um lugar tão bonito não merece estar nesta situação”, frisou o vereador.

Outro problema, que, inclusive, permanece há anos, é o assoreamento no lago superior. (Foto: Opinião)

Na última quarta-feira (2) a vereadora Regina Noêmia Geromel Corochel (PTB) encaminhou uma Indicação à Prefeitura solicitando manutenção e limpeza geral do Parque Ecológico.

Questionada sobre o assunto, a Prefeitura, por meio da Secom (Secretaria Municipal de Comunicação Social e Institucional) informou que uma equipe do Saema (Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente do Município de Araras) foi enviada ao local para averiguar se os resíduos nas águas estão relacionados a algum vazamento de esgoto ou algo que tenha a ver com a Prefeitura. A pasta ainda reforçou que nada foi encontrado até o momento e que provavelmente o óleo teria sido levado pela água, porém a equipe voltaria ao parque nesta sexta-feira (28). Além disso, nos próximos dias, a Administração vai emitir um posicionamento sobre o que foi verificado e quais providências serão tomadas.

Outras notícias

 

COMPARTILHAR