Sérgio Calori /Secom
Santa Casa de Misericórdia de Araras foi autorizada pelo MEC a receber programa de Residência Médica.

O MEC (Ministério da Educação) autorizou a instalação de residência médica na Santa Casa de Araras e os alunos começam em março deste ano. O anúncio ocorreu em coletiva de imprensa na tarde de ontem, dia 30.

De acordo com diretor técnico da Santa Casa, Helder José Camargo Preto, o pedido de credenciamento provisório junto ao Governo Federal foi feito em setembro de 2014 e foi aprovado pelo Conselho da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), que disponibilizou dez vagas para médicos formados se especializarem em Araras, porém, a princípio, serão abertas quatro, sendo duas para clínica médica e duas para PSF (Programa de Saúde de Família).

O processo seletivo ainda será aberto para escolha dos médicos interessados, que têm que ter como requisito básico graduação em medicina.

Segundo o diretor técnico da Santa Casa, o processo seletivo deve ser aberto nos próximos dias. “Segundo preconiza o MEC, os alunos começarão a residência já em março deste ano. A previsão é que o processo seletivo seja composto por uma prova escrita e uma entrevista”, afirmou.

Os residentes irão frequentar a clínica médica do Hospital São Luiz e passar por todas as etapas de atendimento realizados na instituição e também na rede pública da cidade, como PSFs e UBSs. No Hospital São Luiz irão aprender todos os procedimentos realizados na obstetrícia, pediatria, ginecologia, entre outras áreas.

A coordenação e implementação do programa ficarão a cargo da Santa Casa de Misericórdia, que irá ceder os próprios médicos para serem preceptores dos residentes. Eles ficarão encarregados de transmitir todo o conhecimento e também irão se reunir para discussão de casos e resolução de diagnósticos.

É importante ressaltar que a Santa Casa não terá custo nenhum com esses médicos, uma vez que o MEC dará uma bolsa de R$ 2,9 mil para cada residente. “Um hospital com residentes terá mais capacidade técnica para atender seus pacientes. Os médicos poderão fazer uma história clínica completa dos pacientes, podendo assim oferecer um atendimento mais personalizado”, acrescentou.

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Araras, Eduardo de Moraes, destacou o empenho da Irmandade e também do prefeito Nelson Dimas Brambilla (PT – Partido dos Trabalhadores) em mais essa realização. “A Santa Casa, em parceria com a Prefeitura, tem conquistado resultados positivos que irão engrandecer o atendimento médico na instituição. Quem ganha com isso é a população ararense, que terá assistência médica mais gabaritada e de qualidade”, afirmou.


 

 Faculdade

Em 2014 Araras foi selecionada para receber a Faculdade de Medicina, junto a 39 municípios do País. “As estruturas da Santa Casa são modernas e têm todo o respaldo para receber os residentes e, futuramente, os alunos da nossa Faculdade, quando ela for instalada,” completou Helder.

Com a instalação da Faculdade, a Santa Casa passará a obter benefícios no que diz respeito ao repasse de recursos provindos do Ministério da Saúde. Com o convênio para instalação de um hospital-escola, a Santa Casa passaria a receber recursos necessários também para a manutenção e melhorias nas instalações.

O Município de Araras possui estrutura composta por 23 PSFs, 4 UBSs (Unidades Básicas de Saúde), o Caem (Centro de Atendimento de Especialidades Médicas) Nelson Salomé, além do Hospital São Luiz e da UPA Elisa Sbrissa Franchozza, que atendem à rede pública.

O Ministério da Educação publicou edital para seleção de propostas apresentadas por instituições de ensino superior, interessadas em oferecer o curso nas 39 cidades selecionadas pelo Governo Federal.

O documento, publicado no Diário Oficial da União, estabeleceu prazo até o dia 23 de janeiro para que as mantenedoras pudessem se cadastrar no Simec (Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle) do Ministério para participarem do processo. A documentação pode ser encaminhada, de acordo com o edital, até o dia 6 de fevereiro.

Ainda segundo o edital, a divulgação da primeira fase de classificação das instituições será publicada no dia 8 de abril. A divulgação do resultado final será dia 24 de junho.

A instalação de Faculdades de Medicina nos municípios brasileiros faz parte de projeto desenvolvido pelo Governo Federal, que tem por meta ampliar o número de médicos no País e incentivar a formação de novos profissionais. Do total de municípios selecionados, 14 estão no Estado de São Paulo – na região, além de Araras, estão também as cidades de Piracicaba, Limeira e Rio Claro.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*