O problema começou com um pequeno buraco de 60 cm, mas com as fortes chuvas registradas no mês passado, a situação se agravou, fazendo com que o rompimento chegasse a 80 centímetros de diâmetro causando a erosão.
O problema começou com um pequeno buraco de 60 cm, mas com as fortes chuvas registradas no mês passado, a situação se agravou, fazendo com que o rompimento chegasse a 80 centímetros de diâmetro causando a erosão.

Um buraco na Avenida Irineu Carrocci, no José Ometto está gerando reclamações dos moradores da região. O secretário municipal de Planejamento, Gestão e mobilidade, Fábio Augusto Franco, afirmou em entrevista ao Telejornal “Opinião da Cidade” esta quarta-feira, dia 3, que a Prefeitura, provavelmente, terá que terceirizar a obra do rompimento da tubulação que escoa águas pluviais sob o asfalto da Avenida por falta de funcionários na pasta o que poderá demorar a resolução do problema.

Segundo o titular da pasta, esta é uma situação que ainda estão avaliando. “Talvez seja uma obra mais significativa, de maior porte, dado a profundidade que a tubulação está, pois vai mexer com rede de águas pluviais, tem rede do Saema (Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente) próximo, vamos ter que recompor asfalto, guias, sarjetas e até a calçadinha existentes no local. Então, dado a urgência, nós contatamos 3 empresas para fazer um orçamento de quanto fica para fazer os reparos, e agora vamos avaliar juntos à Secretaria de Administração a  melhor forma de contratação deste serviço, possivelmente será terceirizado, dado a complexidade, pois talvez a Prefeitura não tenha equipe própria por conta do tamanho do problema”, explicou.

Os moradores da região estão preocupados com o tamanho da “cratera” que não está bem sinalizada. A enfermeira Vitória Dulce da Cunha, afirmou que a situação acarretar acidentes. “A Prefeitura vem até o local, abre este buraco e depois não aparece ninguém para consertar. Está muito perigoso para os motoristas, para os pedestres e principalmente para as crianças que moram por aqui. Eles têm que tomar uma providência o quanto antes”, disse.

Já para o operador de máquina Zito Castro, o tamanho do buraco é assustador, pois ninguém imaginaria que um buraquinho fosse virar isso tudo. “Nós que moramos aqui em frente achávamos que a Prefeitura ia mexer e resolver rapidamente o problema, mas a obra está totalmente parada – tirando toda nossa expectativa de andarmos seguros. Inclusive, nossa rua está toda escura, fazendo com que o problema se agrave ainda mais. Aí junta a escuridão e o buraco, qualquer um pode cair a qualquer momento e se machucar”, completou.

Em resposta aos moradores, à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, disse que o local já foi sinalizado várias vezes e que está sendo alvo de furtos de cavaletes e de fitas que cercavam o local, mas que vão, daqui uns dias, sinalizar novamente.

 

O problema

O problema começou com um pequeno buraco de 60 cm, mas com as fortes chuvas registradas no mês passado, a situação se agravou, fazendo com que o rompimento chegasse a 80 centímetros de diâmetro causando a erosão. O asfalto da área atingida foi totalmente retirado pela Prefeitura, mas agora com a obra parada, a Administração espera para contratar uma empresa para fazer a troca de aproximadamente de 15 metros de tubulação de águas pluviais, recomposição e compactação da terra, reconstrução do passeio público e pavimentação de todo o trecho atingido. Os serviços, de acordo com a Prefeitura, devem ser realizados em breve.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*