O número de mortes caiu 45,45% nos 22 mil quilômetros de rodovias paulistas durante o feriado prolongado do Dia do Trabalho, de 30 de abril a 3 de maio. O número de vítimas graves também apresentou redução de 4,35%.

O Policiamento Rodoviário, em conjunto com equipes de radiopatrulha territorial e aérea, Comando de Choque, entre outros, reduziu em 20 o número de mortes nas estradas bandeirantes. No mesmo feriado do ano passado, foram 44 vítimas fatais, contra 24 deste ano.

No mesmo feriado do ano passado, foram 44 vítimas fatais, contra 24 deste ano

A quantidade de vítimas graves passou de 92 para 88 – redução de quatro casos. O total de vítimas leves recuou 15,12%, baixando de 377 para 320 vítimas no período do feriado prolongado.

Além de policiais, participaram da operação o Departamento de Estradas e Rodagens (DER), a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), a empresa Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) e as concessionárias das rodovias.

As ações preventivas e ostensivas dos policiais também ajudaram a reduzir o número de acidentes em 23,04%. Foram 718 neste ano, contra 933 do mesmo feriado de 2014, que teve 215 casos a mais. Os atropelamentos também tiveram diminuição, passando de 19 para 14 ocorrências – queda de 26,32%.

Produtividade

As infrações resultaram em 17.829 autuações lavradas neste feriado, contra 17.614 em 2014. Isso representa um aumento de 1,21% na produtividade. Destas autuações, 3.458 foram contra condutores e passageiros que não utilizavam o de cinto de segurança – aumento de 32,95% se comparado com as 2.601 do ano anterior.

A Polícia Militar Rodoviária ressalta que, além de ser uma infração de trânsito, deixar de usar o cinto coloca em risco a vida dos ocupantes do motorista e de seus acompanhantes.

Os patrulheiros autuaram 601 motoristas que dirigiam sob o efeito de álcool. Destes, 21 foram detidos por embriaguez ao volante. No ano passado, foram 618 pessoas dirigindo alcoolizadas, das quais 49 foram presas depois de se arriscarem a dirigir embriagadas.

Além destes, foram presos 60 suspeitos de diversos crimes e 11 fugitivos da Justiça foram recapturados. As ações resultaram também na apreensão de 406,5 quilos de maconha, cocaína e crack, assim como de 365 porções de drogas sintéticas.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*