Em agosto desse ano, um motociclista de 30 anos morreu após um motorista embriagado colidir com a traseira de sua moto

A quantidade de mortes nas ruas, avenidas e estradas do Estado de São Paulo continua diminuindo quando o assunto em âmbito geral, porém a cidade de Araras não correspondeu nem de perto as estatísticas estaduais. Em agosto deste ano, o registro das ocorrências de homicídios culposos e dolosos por acidente de trânsito caiu 15,84% em todo Estado São Paulo, entretanto na cidade de Araras esse número subiu para 300% a mais quando há comparação de 2015 com o mesmo mês do ano passado.

Em agosto desse ano, um motociclista de 30 anos morreu após um motorista embriagado colidir com a traseira de sua moto
Em agosto desse ano, um motociclista de 30 anos morreu após um motorista embriagado colidir com a traseira de sua moto

A alta significativa da porcentagem na cidade é representada por três mortes no trânsito da cidade em agosto de 2015, já que no mesmo período do ano passado não houve morte causada por acidente automobilístico. Já no Estado, o número reverso tem como destaque a redução em casos de homicídios não intencionais causados em acidentes. O total passou de 376 para 322 ocorrências, numa queda de 14,36%. Foram 54 casos a menos que o observado em agosto do ano passado.

As ocorrências de mortes intencionais também diminuíram no Estado. No oitavo mês do ano, houve 77,78% menos registros que no período equivalente de 2014. O total passou de nove para dois. O aumento da fiscalização de ruas e rodovias estaduais ajudou a poupar essas vidas.

Um caso que chamou a atenção em Araras no último mês de agosto foi a morte de um motociclista de 30 anos durante colisão com um carro na Rodovia Wilson Finardi (SP-191), que liga Araras a Conchal. Segundo a Polícia Civil, o motorista do veículo apresentava sinais de embriaguez, o que foi confirmado no teste do bafômetro.

O acidente aconteceu quando o motorista de um Audi seguia no sentido Conchal/ Araras e atingiu a traseira da moto. O motociclista não resistiu aos impactos da batida e morreu no local.

O motorista de 30 anos foi submetido ao teste do bafômetro, que constatou 0,45 miligramas de álcool por litro de ar alveolar. Ele foi detido, mas pagou fiança no valor de R$ 788 e foi liberado.

 

Outros dados do Estado

Em todo o Estado, também recuaram os registros de lesão corporal culposa em acidentes de trânsito. A quantidade diminuiu de 11.628 para 10.045 casos, ou seja, 13,61% a menos. Com isso, ao menos 1.583 pessoas deixaram de ficar feridas, considerando que cada ocorrência pode ter mais de uma vítima.

De janeiro a agosto, as ocorrências que terminaram com mortes intencionais ou culposas no trânsito baixaram 20,22%.  A quantidade de vítimas feridas sem intenção recuou 12,48%, quando há comparação de 2015 com os mesmos oito meses do ano passado.

 

Capital, região metropolitana e interior

O número de mortes em acidentes de trânsito caiu 25,49% na cidade de São Paulo em agosto. A quantidade de vítimas feridas nas ruas da Grande São Paulo foi reduzida em 11,82% no mês, na comparação com agosto de 2014.

interior paulista também reduziu as mortes no trânsito em agosto. As ocorrências recuaram 17,63% no mês, na comparação com o mesmo período do ano passado. Também a quantidade de vítimas feridas diminuiu 13,76% em igual comparativo.

 

Confira os gráficos referentes aos acidentes referentes aos anos de 2015 e 2014 até o mês de agosto

grafico 1

grafico 2

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*