Donir Costa, gerente geral da Nestlé em Araras, vereadora Deise Olimpio (PSC), proponente da homenagem, e a gerente de recursos humanos da multinacional, Aline Bressan Viganó Perinotto
Donir Costa, gerente geral da Nestlé em Araras, vereadora Deise Olimpio (PSC), proponente da homenagem, e a gerente de recursos humanos da multinacional, Aline Bressan Viganó Perinotto
Donir Costa, gerente geral da Nestlé em Araras, vereadora Deise Olimpio (PSC), proponente da homenagem, e a gerente de recursos humanos da multinacional, Aline Bressan Viganó Perinotto

A Política Mundial de Proteção à Maternidade abrange todos os seus colaboradores que forem responsáveis diretos pelo recém-nascido, incluindo homens e pais adotivos. A iniciativa é uma das mais inovadoras desta natureza já lançada pela indústria. “É com muito orgulho que presto essa homenagem à empresa Nestlé, que disponibiliza salas de amamentação em suas unidades pelo mundo. É uma empresa que incentiva o leite materno até seis meses de idade. E nós temos muito orgulho de Araras ter recebido a primeira Nestlé do Brasil. A Nestlé é um exemplo para outras empresas também na questão da licença-maternidade remunerada”, enfatizou Deise.

O programa foi baseado nos preceitos da entidade internacional ILO Maternity Protection Convention (Convenção de Proteção à Maternidade), que estabelece padrões mínimos que serão implementados mundialmente em todas as unidades da Nestlé até 2018. O gerente geral da Nestlé em Araras, Donir Costa, e a gerente de recursos humanos, Aline Bressan Viganó Perinotto, estiveram no Plenário da Câmara recebendo a homenagem. “Essa homenagem eu estendo para todos os colaboradores da Nestlé. A empresa tem 96 anos de Araras e é muito gratificante gerar milhares de empregos. Aproveito para dizer também que todos os produtos fabricados pela Nestlé, passaram por Araras. A Nestlé é pioneira em muitos assuntos, inclusive na questão de amamentação, contribuindo para uma qualidade de vida mais saudável à mamãe, ao bebê e toda a família de nosso colaborador”, ressaltou Donir Costa.

O projeto prevê ainda garantia de emprego ao colaborador, flexibilidade de horário e o acesso às salas de amamentação durante o horário de trabalho tanto em seus escritórios quanto nas unidades que tenham mais de 50 colaboradores. Atualmente a Nestlé disponibiliza mais de 190 salas de amamentação em suas unidades pelo mundo.

O Brasil já contava com uma Política de Proteção à Maternidade. A Nestlé foi uma das primeiras empresas no País a oferecer a suas colaboradoras, desde 2007, a licença-maternidade remunerada de 24 semanas. Além disso, disponibiliza salas de amamentação em sua sede e em algumas fábricas no País. A flexibilidade de horário de trabalho também é realidade em diversas unidades e todos os colaboradores com filho têm garantido o auxílio-lactente até a criança completar um ano. “A Câmara Municipal se soma à homenagem da nobre vereadora Deise Olímpio e quero acrescentar que a Nestlé é um patrimônio de Araras, todos nós ararenses nos sentimos orgulhosos quando nos referimos à Nestlé”, frisou o presidente da Câmara Municipal, vereador Pedro Eliseu Sobrinho (DEM).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*