Posto de abastecimento da garagem da TCA (foto: Lucas Neri/Opinião)

A falta de combustível em diversas cidades do País vem acarretando diversos problemas, e entre eles a redução do efetivo de ônibus circulares em Araras.

Visando uma economia e a não interrupção dos serviços, pelo menos até o próximo domingo (27), o presidente da TCA (Transportes Coletivos de Araras), Elcio Rodrigues, adotou novos horários para os ônibus e divulgou nota a respeito.

 

“Devido à greve dos caminhoneiros em todo o Brasil, a direção do TCA de Araras (Serviço Municipal de Transporte Coletivo) informa que o nível dos reservatórios de combustível (óleo diesel) da autarquia já está sendo afetado, em virtude da falta da entrega do produto.

Para manter o atendimento aos usuários será adotada uma redução imediata da frota de ônibus que circulam pelo município, de 32 para 14 carros. Haverá, portanto, um maior intervalo entre as operações de embarque e desembarque dos passageiros nos pontos do TCA, como já ocorre em feriados e finais de semana.

A Prefeitura informa, também, que até o momento outras frotas municipais (ambulâncias, viaturas da GCM…) seguem com seus serviços normalmente, mas dependendo dos desdobramentos da greve dos caminhoneiros pode ocorrer racionamento de combustível em outros setores da Administração Municipal.

O racionamento de combustível é uma medida adotada em caráter emergencial até a normalização da distribuição do produto, que depende do fim das manifestações. Pedimos a compreensão de toda a população.”

COMPARTILHAR