A operação tapa-buraco realizada pela Prefeitura de Araras deve recuperar aproximadamente 20 mil m² de asfalto em vários bairros da cidade. O serviço conta com equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas e também da empresa Terrapac, contratada para reforçar as ações.

Ontem (23), os trabalhos se concentraram na avenida Gofredo Teixeira da Silva Telles, na região do Jardim das Nações. “Iniciamos o serviço no dia 2 de janeiro, mas a chuva acabou interferindo um pouco no andamento das ações, já que impossibilita a aplicação do asfalto betuminoso”, explica o secretário Celso Aparecido Canassa.

buracojhg
Operação tapa-buraco acontece em todas as regiões da cidade

Ele reforça que, com a melhora das condições climáticas, a operação tapa-buraco foi intensificada em toda a cidade. “Temos 10 mil m² de reparos que serão realizados pela empresa terceirizada e outros 10 mil m², pelas equipes da Secretaria. Além disso, temos mais as equipes que realizam reparos com massa fria na cidade, indicada principalmente para impedir que a deterioração do asfalto aumente”, adiantou.

São dois tipos diferentes de reparos asfálticos realizados pela administração municipal: um com massa fria, que seca mais rápido e é indicada para áreas menores, e outra que é a massa quente, chamada de CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), indicada para áreas maiores e com mais durabilidade.

Feita em etapas, a operação tapa-buraco envolve corte do solo, remoção do asfalto deteriorado, colocação de reforço de base e, só então, aplicação do asfalto betuminoso. “Estamos avaliando as condições do asfalto em todas as regiões da cidade e definindo o cronograma”, explica Canassa.

De acordo com a Secretaria de Obras, ruas e avenidas do José Ometto 1, 2, 3, 4 e 5, Jardim Morumbi, Jardim Itamaraty, Jardim Celina, Jardim Costa Verde, Jardim das Nações, Parque das Árvores, Alto da Colina, Jardim Alvorada, Jardim Haíse Maria, Narciso Gomes, Jardim Santa Catarina, Parque Industrial, Vila Dona Rosa já estão mapeadas e inclusas na primeira fase da operação tapa-buraco.

“Outras vias públicas, no entanto, serão incluídas conforme a necessidade”, finalizou o secretário.

 

Recapeamento

            Paralelamente aos trabalhos de tapa-buraco, a Secretaria de Obras deve iniciar em breve também o recapeamento asfáltico na cidade. “Este trabalho acontecerá em locais onde não há mais condições de fazer o tapa-buraco. Uma das avenidas já mapeadas é na João Rossi, que dá acesso ao Residencial Milton Severino. Outra rua que faz parte deste cronograma é a Visconde do Rio Branco, no Centro”, antecipa Canassa.

Serão recapeados, segundo o secretário, 150 mil m² de asfalto em vários pontos da cidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*