Verdão faz quatro jogos nas próximas duas semanas; restam cinco rodadas para fim do Brasileiro

Foram dez dias de trabalho na Academia de Futebol para Willian voltar ao Palmeiras. Recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda, o atacante foi titular no empate em 1 a 1 contra o Atlético-MG, no último domingo, em Belo Horizonte, e está à disposição da comissão técnica de Felipão para as últimas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro.

O que mais chamou a atenção e rendeu elogios públicos ao departamento médico do Palmeiras foi o tempo de recuperação de Willian. A primeira estimativa divulgada pelo clube previa uma ausência de até três semanas, mas o atacante voltou bem antes.

– Tem que parabenizar os médicos e fisioterapeutas. Willian era para voltar em mais sete ou dez dias. A forma como se dedicam e tem tudo mapeado para o técnico é maravilhoso. E colocaram o Willian no jogo. Sobre Marcos Rocha, faltavam ajustes para estar 100%, mas ele veio (a Belo Horizonte) e deu sua contribuição no banco. Se precisasse, íamos colocá-lo, com antecipação também de sete ou dez dias. Hoje temos departamentos que nos dão condição de trabalhar – elogiou Felipão, após o empate no Independência.

Willian completou o seu 64º jogo em 2018 – ele é o atleta do Palmeiras que mais vezes entrou em campo na temporada. Com o retorno do atacante, Felipão ganha mais uma opção para o setor ofensivo na reta final da temporada.

– São grandes profissionais que se dedicaram para eu estar em campo dando meu melhor, a confiança do Felipão… Fiquei muito feliz. Consegui voltar antes e ir bem. Acredito que não foi a minha melhor partida, mas me dediquei – disse Willian.

Felipão já avisou que vai mexer no time titular do Palmeiras para a partida contra o Fluminense, na próxima quarta-feira, na arena alviverde, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele próprio será substituído na área técnica pelo auxiliar Paulo Turra por ter sido punido pelo STJD.

No ataque, além de Willian, a comissão terá o retorno de Dudu, apesar da suspensão de Deyverson. Mayke volta para a lateral direita, e Diogo Barbosa, para a esquerda. No meio, Moisés passou a ser desfalque após entorse sofrida em Belo Horizonte.

O rodízio se justifica por uma sequência de quatro partidas nas próximas duas semanas. Haverá apenas mais uma semana livre de treinamentos até o fim do Brasileirão, entre a penúltima e a última rodada.

O Palmeiras tem 92% de chances de conquistar o título, segundo o matemático Tristão Garcia. O líder tem cinco pontos de vantagem para o Internacional, segundo colocado. Além do Fluminense (casa), o Verdão enfrentará Paraná (fora), América-MG (casa), Vasco (fora) e Vitória (casa). Fonte: G1

Mais Noticia

COMPARTILHAR