Crédito: Lucas Neri
Crédito: Lucas Neri

O candidato a prefeito de Araras, Pedro Eliseu Filho- Pedrinho (PSDB) foi o primeiro participante na série de entrevistas aos candidatos à Prefeitura de Araras que acontecerão durante as próximas semanas no Programa Opinião do Meio Dia, transmitido ao vivo pela Rede Opinião de TV, às 12 horas.

A série teve início sexta-feira, dia 26, com Pedrinho Eliseu, que teve a oportunidade de em 30 minutos de entrevista ao apresentador Fritz Harte.

 

FRITZ: Você tem restrições junto à Justiça Eleitoral, que pode impedir eventualmente a aprovação de sua candidatura… Qual o motivo de você querer ser candidato à Prefeitura de Araras?

 

PREDRINHO: Eu não tenho restrição nenhuma, isso não é um fato verdadeiro. Na realidade quem entrou com essa impugnação foi o Ministério Público, que lamentavelmente ele recebe essa orientação de órgãos de direção, para que todo mundo que em 2008 teve qualquer tipo de problema, acione judicialmente para questionar a candidatura, mas eu não tenho restrição, não, eu sou candidato a prefeito e quem decide é o juiz eleitoral. Todos os últimos julgamentos, não só do Tribunal Superior Eleitoral, como também do Supremo Tribunal Federal, que é o órgão máximo de direção do judiciário brasileiro, favorecem a minha candidatura, então eu estou muito tranquilo, o juiz vai deferir o nosso registro. Lamento que o Ministério Público tenha entrado com isso, já fui informado e a defesa já tá pronta, os ministérios públicos de todos os outros Estados brasileiros não têm adotado esse tipo de atitude que o MP de São Paulo deu por adotar. Então para você eleitor o Pedrinho é candidato, sim, quem quer ser prefeito de Araras têm que estar preparado para tudo e esse problema é pequeno perto da grande responsabilidade que é administrar uma cidade como a nossa, em um contexto econômico de tantas dificuldades que eu estou pronto para enfrentar, então fique tranquilo, pode votar “45” que o juiz vai deferir o meu registro, eu sou candidato a prefeito para a alegria de um número significativo de pessoas que todos os dias têm feito em me incentivar, me abraçar e dizer que estão comigo, pois acreditam em mim e nos propósitos do nosso grupo.

 

 

FRITZ: Quem é você? Quem é Pedrinho na vida pessoal? O que te emociona?

 

PREDRINHO: Me emociona é saber da condição que o prefeito tem, que a equipe de trabalho tem em ajudar as pessoas, eu sempre digo que eu sou um misto daquilo que é meu pai, que foi servidor público a vida inteira, funcionário público e foi prefeito por quatro anos, mas 27 anos funcionário do departamento pessoal e com ele eu aprendi que o equilíbrio nas contas públicas é indispensável para uma administração de sucesso, e o que me emociona mais é minha mãe, que eu tenho certeza que está aqui com nós vibrando com este momento, e foi a pessoa que me fez enxergar que a Prefeitura deve ser para ajudar as pessoas que mais precisam, para ajudar os trabalhadores e que o prefeito tem que ser prefeito para a cidade toda, mas sempre preocupado em ajudar aos que precisam mais. Eu sou advogado há 18 anos, tenho meu escritório ativo e aberto na cidade de Araras, eu não vivo da política, vivo da advocacia, mas eu gosto demais da administração pública e é por isso que eu quero ser prefeito, conheço a cidade de Araras, seus principais problemas e quero voltar a ser prefeito, dessa vez por quatro anos para continuar atendendo o povo e melhorando a vida das pessoas.

 

 

FRITZ: Caso seja eleito como prefeito, que importância o esporte terá em sua administração?

 

PEDRINHO:  Eu gosto muito de esportes e o que mais me toca é o esporte de base, eu penso que Araras precisa resgatar aquilo que já existiu aqui um dia. Você ararense vai se lembrar das escolinhas, do esporte que tínhamos muito intenso para nossas crianças e acho que a base é o início de tudo. O tempo em que ficamos na Prefeitura, nós firmamos um convênio com a FHO| Uniararas, com os alunos da Educação Física. Eram 17 núcleos, a meta é que tivessem quatro mil crianças envolvidas em atividades esportivas, hoje com as quadras cobertas em que o Governo do Estado cobriu aqui em Araras, com o patrocínio e apoio da Prefeitura, nós já temos uma estrutura pronta, eu quero resgatar este projeto, trazer os estagiários de educação física supervisionados pela Uniararas para desenvolver atividades esportivas para nossas crianças como fizemos em 2009 nos horários inversos das aulas, no mais é resgatar o amador, nós resgatamos o futebol, eu quero ampliar tudo isso, voleibol que Araras é muito forte, o basquete e o esporte de ponta. Eu acho que é muito ousadia do Prefeito, como fizeram ano passado, dizer que nós teríamos três atletas olímpicos em Araras se nós não começarmos da base, então nós vamos fazer esse trabalho lá na ponta que é o esporte de competição, melhorando as condições melhorando as condições de estrutura em nosso ginásio de esportes e garantir que em um curto espaço de tempo haja atividades esportivas em Araras e que em um futuro nós tenhamos atletas de ponta.

Aqui estão os 10 primeiros minutos de entrevista com o candidato.  Ao longo da semana que vem a reportagem do Opinião traz os outros 20 minutos da entrevista. Na terça-feira, dia 30, traremos mais 10 minutos e quarta-feira, dia 31, finalizando com os 10 minutos restantes. Esse novo formato garante mais clareza ao leitor, e assim será feito com todos os candidatos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*