Objetos apreendidos no imóvel do rapaz de 24 anos em Araras.
Objetos apreendidos no imóvel do rapaz de 24 anos em Araras.

Após investigações feitas pela Polícia Civil de Limeira, por meio da Dise- – Delegacia de Investigação sobre Entorpecentes -, e Polícia Civil de Araras, foi cumprido na última terça-feira, dia 1°, um mandado de busca domiciliar na cidade de Araras. Na ocasião um rapaz de 24 anos foi preso em flagrante. No imóvel do indiciado, localizado no bairro Jardim Morumbi, foram encontradas, segundo informações da delegacia policial de Araras, porções de maconha, cocaína já embalada e parte ainda não fracionada, sacos plásticos com pó branco ainda não identificados, um revólver calibre 357, uma pistola 45, carregadores e farta munição dos calibres mencionados de fuzil 7.62, uma espada “Katana” sem marca aparente, 74 cartuchos calibre 45, 24 cartuchos calibre 38, além de aparelhos celulares.

De acordo com o boletim de ocorrência, os investigadores de polícia receberam informações de que esse sujeito estaria guardando armas e drogas na própria residência. Diante de tal informação, foi solicitado um mandado de busca junto ao poder judiciário da cidade de Limeira, em trabalho conjunto com a Polícia Civil de Araras, que estiveram no imóvel para cumprimento da ordem judicial. Quando chegaram à residência foram recepcionados pelo próprio indiciado, o qual foi cientificado sobre a legalidade da diligência, e, após ser indagado sobre a existência de drogas e armas, ele pronto indicou um armário do quarto da residência onde havia uma caixa com uma pistola 45, farta munição do mesmo calibre e dos calibres 28 e de calibre 7.62, além de porções de cocaína já prontas para à venda, porções de maconha, tijolos de cocaína ainda não fracionados e sacos plásticos com pó branco não identificados. Sobre o guarda roupa foi encontrado um revólver calibre 357 devidamente municiado.

Questionado sobre as drogas e armas, o rapaz disse que tudo lhe pertencia. Em razão dos fatos, recebeu voz de prisão. Sendo a seguir recolhido em cela de carceragem da Delegacia de Araras. Dispensou a presença de advogado, sendo cópia do procedimento encaminhada à Defensoria Pública.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*