Carrapato-estrela é o responsável por transmitir a febre maculosa (Foto: CDC/ Dr. Christopher Paddock/James Gathany)

O número de mortes pela doença na cidade em 2018 é o maior dos últimos nove anos

A Secretaria de Saúde de Americana/SP confirmou, nesta quinta-feira (7), a sexta morte por febre maculosa na cidade este ano. A vítima é uma menina de 7 anos, que morreu no dia 4 de maio quando estava internada no hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas/SP. A doença é transmitida por carrapato.

O número de mortes pela doença na cidade em 2018 é o maior dos últimos nove anos. No caso da criança, ela morava no bairro Antônio Zanaga.

Durante a investigação do caso, a Prefeitura tinha a informação de que ela não teve histórico de deslocamento para áreas de risco. Nesta quinta, no entanto, a Secretaria de Saúde apurou com a família que a menina esteve com familiares sob a ponte do Rio Piracicaba próximo ao Museu do Salto Grande, mesmo local onde outras quatro pessoas infectadas morreram pela doença.

A Prefeitura recebeu, até o momento, 13 notificações da doença. Seis casos foram confirmados, todos com morte; quatro seguem em investigação, sendo três pacientes que tiveram alta e uma morte; e três casos foram descartados.

Fonte: G1

Outras notícias

COMPARTILHAR