A Prefeitura de Araras adquiriu novos materiais pedagógicos para 25 salas de recursos que atendem alunos com deficiência e funcionam em 12 unidades da rede municipal de ensino. Ao todo, 184 alunos com deficiência atendidos nas unidades serão beneficiados com jogos, livros, fantoches e brinquedos educativos.

recursos
Recursos pedagógicos foram entregues na última quinta-feira, dia 2, no CAEE “Ettore Zuntini”.

Segundo a administração, os itens foram entregues na última quinta-feira, dia 2, no Caee (Centro de Atendimento Educacional Especializado) “Ettore Zuntini” e depois serão distribuídos para as salas de recursos de cada escola. No Caee, os materiais serão valiosos e darão mais qualidade ao atendimento técnico de terapia ocupacional, fonoaudiologia e psicologia, realizados periodicamente com os alunos da unidade, que possuem múltiplas deficiências.

No entanto, a iniciativa de inovar e equipar todas as escolas municipais com brinquedos educativos conta com investimentos de R$ 1 milhão, repassados por meio do Programa Brasil Carinhoso, do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), do Governo Federal. O programa é voltado à primeira infância e tem o seu desenvolvimento integrado em várias vertentes, sendo uma delas expandir a quantidade de matrículas de crianças entre zero e 48 meses, cujas famílias sejam beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF) em creches públicas ou conveniadas.

De acordo com a coordenadora da Educação Especial, Gislaine Sanches Luperini, os recursos irão melhorar o desenvolvimento dos alunos com deficiência em sala de aula. “Temos uma ótima estrutura em nossa rede de ensino para atendimento aos estudantes com deficiência. Com estes recursos, teremos mais facilidade para o aprendizado dos alunos, explicando conceitos de todas as disciplinas de maneira mais lúdica, por meio de jogos e brinquedos educativos”, afirmou.

 

Educação Especial

Atualmente, a Secretaria Municipal de Educação de Araras trabalha de acordo com a política da Educação Inclusiva, matriculando regularmente alunos com todos os tipos de deficiências nas escolas do Sistema Comum de Ensino. Estes estudantes frequentam as salas de aula comuns e têm direito ao apoio do Atendimento Educacional Especializado (AEE), que é oferecido dentro da própria unidade escolar ou, em casos de escolas com poucos alunos com deficiência, na escola mais próxima.

O atendimento é oferecido por professores especialistas em Educação Especial, preparados para apoiar a inclusão destes alunos na sala comum, por meio de adaptações curriculares, quando o estudante tiver dificuldades de acompanhar o currículo de seu ano escolar, adaptação de atividades de acordo com as condições motoras e cognitivas do aluno atendido e também com atendimentos individualizados no contra turno escolar, com a finalidade de oferecer os recursos necessários para que o mesmo tenha as melhores condições possíveis de desenvolver suas potencialidades e acompanhar os conteúdos pedagógicos do ensino comum. (Com informações da Secom)

 

Rede municipal possui 25 salas de recursos em 12 unidades de ensino:

 

– Emef “Profª Adalgisa Perin Balestro Franzini” (2 salas)

– Emef “Antonia Marques Dahmen” (2 salas)

– Emeief “Carlos Giovanni Bolles” (1 sala)

– Emef “Profª Clotilde Russo” (1 sala)

– Emeief “Dona Rosa Padula Zurita” (1 Sala)

– Emef “Padre Hercílio Bertolini” (4 salas)

– Emef “Prof. Joel Job Fachini” (2 Salas)

– Emef “Prof. Júlio Ridolfo” (2 salas)

– Emef “Prof. Leonaldo Zornoff” (2 salas)

– Emef Lions Clube (2 salas)

– Emeief “Profª Maria Zélia Padovani Martins Pereira” – Caic (2 salas)

– Emef “Thereza Colette Ometto” (4 salas)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*