Arquiteta Bruna Vantin ministrou palestra didática sobre as obras do PAC e seus objetivos

A Prefeitura de Araras retomou os trabalhos do projeto técnico social das obras de macrodrenagem urbana do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). O PTTS, como é chamado, tem por objetivo a realização de palestras, oficinas e workshops de educação ambiental para explicar e divulgar à comunidade os impactos das obras no cotidiano da população ararense.

Um dos pontos principais do projeto é intensificar a divulgação sobre o andamento das obras e de todas as suas etapas, além de prestar contas dos investimentos realizados para ela ser executada e seus resultados positivos visando evitar enchentes e alagamentos em dias de chuvas fortes.

Obras de macrodrenagem seguem em nova fase de alargamento dos Ribeirões
Obras de macrodrenagem seguem em nova fase de alargamento dos Ribeirões

Além disso, o PTTS tem a função primordial de fomentar atividades que levem a população a refletir e se tornar participante dos processos de avaliação a serem realizados, a fim de aprimorar a intervenções necessárias para execução das obras.

Este trabalho era anteriormente realizado pelo Instituto Ambiente Total. No entanto, o contrato foi encerrado e no momento, até que seja aberta outra licitação para contratação de outra empresa, o trabalho será  realizado por técnicas da Secretaria de Ação e Inclusão Social. “Três palestras já foram realizadas nos Cras (Centro de Referência de Assistência Social) das regiões norte, sul e leste. Nos encontros, comunicamos aos moradores o objetivo das obras de macrodrenagem e das novas

Arquiteta Bruna Vantin ministrou palestra didática sobre as obras do PAC e seus objetivos
Arquiteta Bruna Vantin ministrou palestra didática sobre as obras do PAC e seus objetivos

etapas iniciadas no mês passado. Além disso, estudamos a criação de uma comissão de acompanhamento das obras formada por membros da comunidade ararense, como forma de monitorarem a aplicação dos recursos para execução da obra”, explicou Laura Giachetti Botezelli, que é técnica social da Secretaria de Ação e Inclusão Social.

Ela ainda acrescenta que o projeto tem por meta “fomentar a participação de todos na efetivação dos direitos sociais e na sustentabilidade da intervenção”.

Uma das palestras realizada no Cras Sul foi ministrada pela arquiteta Bruna Vantin, da Secretaria de Planejamento, Gestão e Mobilidade. No ocasião, ela explicou detalhadamente e de forma didática como está sendo conduzida a obra.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*