O presidente da autarquia, Rubens Franco Júnior, declarou que “fomos informados que o município terá o recurso necessário para a realização da Estação de Tratamento de Esgoto”

Gerente de projetos do Ministério das Cidades, Hélio de Freitas, com o secretário de Planejamento, Paulo Bertolini, e o presidente do Saema, Rubens Franco Júnior
Gerente de projetos do Ministério das Cidades, Hélio de Freitas, com o secretário de Planejamento, Paulo Bertolini, e o presidente do Saema, Rubens Franco Júnior

Na quarta-feira (22) o presidente do Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente do Município de Araras (Saema), Rubens Franco Júnior, e o secretário municipal de Planejamento, Gestão e Mobilidade, Paulo Eduardo Romazini Bertolini, estiveram em Brasília-DF para darem continuidade às resoluções para a situação da obra da nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da cidade.

Os ararenses foram encaminhados pelo deputado federal Nelson Marquezelli (PTB) para reunião com o gerente de projetos do Ministério das Cidades, Hélio de Freitas. Ao Opinião, Franco ressaltou: “Estivemos mais uma vez em Brasília para que pudéssemos resolver a situação da nossa nova Estação de Tratamento de Esgoto, que é prioridade do Saema. Por questões técnicas, o projeto que aguardava aprovação do Ministério das Cidades não foi aprovado. Porém, já fomos preparados e temos um segundo projeto. Também fomos informados durante a visita que Araras terá o recurso necessário para realização da obra”, declarou.

Na ocasião, o secretário Paulo Bertolini também abordou com o representante do Governo Federal questões sobre as obras do PAC no município e sobre a construção de uma creche no Jardim Aeroporto, região norte da cidade. “Consideramos essa mais uma visita produtiva para a nossa cidade. Estamos trabalhando bastante para garantir que os projetos sejam executados o quanto antes”, disse.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*