Cidade será Polo do Programa da Padaria Artesanal e atenderá pessoas da região

Gabi e Pedrinho Eliseu durante a assinatura do convênio. Atrás, a secretária de Ação e Inclusão Social, Roanita Franco Bergamin, e a vereadora Anete Casagrande
Gabi e Pedrinho Eliseu durante a assinatura do convênio. Atrás, a secretária de Ação e Inclusão Social, Roanita Franco Bergamin, e a vereadora Anete Casagrande

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado (Fussesp), Lu Alckmin, esteve presente na manhã de ontem (19) na cidade de Limeira para a assinatura de convênios e protocolos de intenções de 116 municípios das regiões de Itupeva, Sorocaba e Campinas. A parceria entre o Fundo Social e os municípios possibilitará a execução no interior do Estado dos projetos da Escola de Qualificação Profissional, entre eles, as Escolas de Moda, Beleza, Construção Civil e Padaria Artesanal, além do projeto da Horta Educativa, que é voltado para crianças. “Estes cursos são voltados principalmente para pessoas desempregadas. Por meio dessas parcerias, milhares de pessoas no interior do estado terão acesso à qualificação”, comentou Lu Alckmin.

O prefeito Pedro Eliseu Filho (PSDB) e a primeira-dama, Gabriela Zorzo Eliseu, assinaram o convênio da Padaria Artesanal com a presidente do Fussesp. A secretária de Ação e Inclusão Social, Roanita Franco Bergamin, e a vereadora Anete Monteiro dos Santos Casagrande (PSDB) acompanharam o casal durante o evento. Eliseu Filho destacou que a cidade será Polo do Programa e também atenderá pessoas da região, mas ressalta que a prioridade é a mulher ararense.

Desde 2011, mais de 172 mil pessoas foram qualificadas pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado e mais de 5.000 convênios foram assinados. O Projeto Padaria Artesanal qualifica profissionais e capacita agentes multiplicadores na produção de 10 (dez) tipos de pães feitos com vegetais e frutas.

São eles: pão de maçã, rosca estrela, pão de cenoura com recheio de goiabada, pão de mandioca com azeitonas, pão de batata com recheio de catupiry, pretzel, pão de ervas, pão caseiro com frios, pão de forma tradicional e pão de forma integral.

Público-alvo

São destinados a pessoas com mais de 16 anos, não sendo exigida escolaridade mínima. São feitos em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, através da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios – Codeagro, que disponibiliza o corpo técnico e metodologia.
Benefícios: material didático; uniforme; alimentação; Kit Padaria Artesanal (o kit é doado apenas para entidades e Fundos Municipais de acordo com parecer favorável da equipe técnica do Fussesp, após os mesmos terem encaminhado, no mínimo, duas pessoas para serem capacitadas. Requisitos: carteira de identidade.

O Kit Padaria Artesanal é composto por 1 forno em aço inox a gás, 1 mesa em aço inox, 8 assadeiras, 1 liquidificador industrial.

O Projeto “Polos Regionais da Padaria Artesanal” irá funcionar no CEU “José Olavo Paganotti”, no bairro José Ometto I. A meta é a qualificação profissional e a capacitação de pessoas em situação de vulnerabilidade social, na área de panificação, com vista à geração de renda e melhoria na qualidade de suas vidas. As aulas serão oferecidas gratuitamente à população e em breve serão divulgadas as datas para as inscrições e mais detalhes sobre os cursos. Serão, no mínimo, 120 vagas paras todos os cursos do projeto. O Fussesp disponibilizará camiseta e avental padronizado para cada aluno, além da mídia com as apostilas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*