Quem contratou os Correios para a entrega de encomendas e documentos, por exemplo, deve exigir o ressarcimento ou o abatimento do valor pago, caso o serviço não seja prestado

O alerta é do Procon de SP, para quem o consumidor deve ficar atento aos seus direitos, para não ser lesado durante a greve dos funcionários dos Correios.

O órgão afirma, ainda, que se houver dano moral ou material, as pessoas prejudicada pode pedir indenização na Justiça.

Sobre quem comprou um produto de determinada loja que usa os Correios para fazer a entrega, o vendedor é quem tem que procurar uma alternativa para garantir que o item chegue ao cliente dentro do prazo.

O Procon de SP lembra, ainda, que a empresa que envia cobrança por carta é obrigada a oferecer uma outra forma de pagamento, como internet e depósito bancário.

Por fim, não é porque uma fatura não chegou que o cliente está livre de pagar aquela conta.

Nesse caso, o Procon de SP recomenda entrar em contato com a empresa credora, antes da data do vencimento, e pedir uma alternativa de pagamento.

Mais informações sobre como agir durante a greve dos Correios estão disponíveis no site www.procon.sp.gov.br.

Mais Notícias

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*