Coordenadores de três escolinhas de Araras confirmaram que a procura tem aumentado durante a Copa do Mundo. (Foto: Divulgação)

A reportagem do Opinião consultou algumas unidades do município, onde os coordenadores afirmam a busca por treinamentos devido à competição

De quatro em quatro anos todas as nações se unem para celebrar a maior festa do futebol mundial. A Copa do Mundo Rússia 2018 acontece neste momento e todos os amantes deste esporte voltam os olhos às TVs para torcer por suas respectivas seleções.

E é nesta época em que a busca por escolinhas de futebol aumenta, pois, na maioria das vezes, o evento desperta o interesse nas crianças de se tornarem um jogador profissional para um dia defender as cores do País. Em Araras a reportagem do Opinião consultou as escolinhas do Coxa (Coritiba FC), Sociedade Esportiva José Ometto e Associação Poliesportiva de Araras, onde todos os responsáveis pelos projetos afirmaram que a busca tem aumentado durante o período.

“Nos últimos dias muitos pais têm nos procurado para matricular seus filhos e todos inspirados em um certo jogador de uma seleção. Além disso, elas (crianças) têm aderido até aos cortes de cabelo, como o do Neymar, por exemplo. Na última Copa também houve a procura, onde a cada dez crianças, cinco permaneceram”, explicou o professor do projeto da SE José Ometto, Narciso Ferreira.

Já na escola do Coxa, o coordenador do projeto e ex-jogador Alexandre Alves Lindo também conta que os alunos ficam ainda mais inspirados após as partidas do Mundial. “Durante os treinamentos notamos que nossos alunos se dedicam ainda mais, pois todos têm um sonho e a Copa é o maior motivo disso. Tivemos uma grande procura nos últimos dias devido ao campeonato e também amigos dos nossos alunos que gostaram do nosso projeto e começaram a fazer aulas conosco”, disse.

Demanda nas escolinhas da APA, Coxa e SE José Ometto tem aumentado devido ao Mundial na Rússia. (Fotos: Divulgação)

Pela Associação Poliesportiva de Araras, o coordenador da ação social, Murilo Coghi, afirmou que a demanda aumentou exponencialmente no futebol masculino e também feminino, em todas as categorias, inclusive para as crianças nascidas a partir de 2014. “A grande procura acredito que seja devido à boa atuação que o Brasil vem desempenhando na Copa, onde os jovens de todas as classes sociais se inspiram nos jogadores profissionais. A seriedade, qualidade e profissionalismo nos trabalhos da APA fizeram com que uma parcela grande de pais e atletas tenha nos procurado”, enfatizou.

Os treinamentos da SE José Ometto, vinculados ao projeto Zona Leste em Ação, acontecem gratuitamente de segunda a sexta-feira, na praça Jorge Assumpção, no bairro José Ometto I. Informações pelo telefone 99836-4950 (Narciso).

Já a Escola do Coxa – Unidade Araras atende na avenida Melvin Jones, no Espaço Campagnolo (antigo Velloso Sport Center), com aulas de terça a sexta-feira. O telefone para contato é o 97409-0226.

E a escola de futebol masculino e feminino da Associação Poliesportiva de Araras funciona de terça a sábado, no Iko Esportes, localizado na avenida José Severino Sobrinho (atrás do Ginásio Nelson Rüegger), na Vila Michielin. Mais detalhes pelo telefone 98239-5382 (Murilo).

Inspirações

A Copa do Mundo não só desperta o interesse na busca por escolinhas de futebol, mas também a inspiração em crianças que já participam dos treinamentos. O pequeno Arthur Bonfim, de sete anos de idade, é aluno da escola do Coxa – Unidade Araras e seu maior sonho é ter uma carreira profissional, jogar na Europa e também pela seleção brasileira. Nesta Copa do Mundo, sua maior inspiração é o atacante Cristiano Ronaldo, da seleção de Portugal.

“Infelizmente Portugal foi eliminado nas oitavas, mas minha admiração pelo Cristiano Ronaldo continua. Ele é o melhor do mundo e quero muito um dia conhecê-lo e ainda jogar com ele. Minha torcida é para o Brasil e tenho certeza que o Neymar vai levar a nossa seleção para o hexacampeonato”, disse o atleta.

Arthur Bonfim sonha em ter uma carreira profissional e a Copa do Mundo é o maior incentivo para ele. (Foto: Divulgação)

Basta acreditar

Alcançar a carreira profissional é muito difícil, mas não impossível. Acreditar no sonho e lutar por ele são as principais chaves para o sucesso, como conta o volante do Paysandu, Nando Carandina, campeão da Copa Verde 2018 pelo Papão da Curuzu.

“Nunca desista dos seus sonhos. Sabemos que ser um jogador de futebol profissional é muito difícil, mas não impossível. Dedique-se muito, ouça o que o treinador diz e a cada treino procure evoluir, seja na escolinha ou no clube que estiver, pois assim o sonho vai se tornar realidade”, disse o ararense.

O volante do Paysandu, Nando Carandina, e o ex-jogador Danilo Sacramento (à esquerda – foto abaixo) contam que acreditar e lutar pelo sonho são as maiores chaves para o sucesso. (Fotos: Arquivo pessoal)

Revelado nas categorias de base do União São João, campeão da Série B do Paulista e da Copa Paulista pela Ferroviária de Araraquara, além de ter jogado em grandes clubes do Brasil e da Europa, Danilo Sacramento também incentiva os pequenos a nunca desistirem do sonho. “Com certeza aparecerão dificuldades ao longo de todo o processo até chegar ao profissional, mas jamais desista do sonho. Ter sempre em mente tudo o que almejou para conquistar e nunca permita que alguém diga que você não é capaz é essencial. Insista e treine muito, pois é só assim que se chega lá. Acredite!”.

Outras notícias

COMPARTILHAR