Profissionais do Melhor em Casa realizam atendimento domiciliar - Crédito: Sérgio Calori / Secom
Profissionais do Melhor em Casa realizam atendimento domiciliar – Crédito: Sérgio Calori / Secom

O programa Melhor em Casa, que oferece atendimento médico a pacientes acamados ou que não conseguem se locomover até as unidades básicas de saúde, realizou 507 visitas domiciliares nos quatro primeiros meses deste ano – por mês, são 126 visitas em média. Os dados foram apresentados durante audiência pública realizada recentemente pela Secretaria Municipal de Saúde.

Ao todo, o programa realizou 274 atendimentos médicos no primeiro quadrimestre de 2016. Neste período, foram 168 pacientes atendidos e mais 499 procedimentos de enfermagem realizados. Houve ainda 88 atendimentos de fisioterapeutas, 79 de nutricionista e 38 de assistente social.

O Melhor em Casa conta com equipe multiprofissional de atenção domiciliar, composta um por médico (jornada de 40 horas/semana), um enfermeiro (40 horas/semana), quatro técnicos ou auxiliares de enfermagem (30 horas/semana) e um fisioterapeuta (30 horas/semana); e por uma equipe multiprofissional de apoio, que envolve uma assistente social, um nutricionista e um psicólogo, que trabalham em jornada de no mínimo 20 horas semanais.

O programa melhora e amplia a assistência do SUS (Sistema Único de Saúde) a pacientes com agravos de saúde que precisam receber atendimento humanizado domiciliar, e também reduz os riscos de contaminação e infecção que podem ser adquiridos nos hospitais.

O encaminhamento dos pacientes é feito pelos equipamentos da rede pública de saúde, como hospitais e demais unidades de saúde que atendem via SUS.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*