Os participantes levaram faixas e cartazes em protesto à morte dos 21 gatos que foram envenenados no início desse mês

Uma passeata em protesto a morte de 21 gatos envenenados aconteceu no último domingo, dia 25, na zona norte da cidade de Araras. Os protestantes circularam por algumas ruas exibindo faixas e

Os participantes levaram faixas e cartazes em protesto à morte dos 21 gatos que foram envenenados no início desse mês
Os participantes levaram faixas e cartazes em protesto à morte dos 21 gatos que foram envenenados no início desse mês

cartazes para lembrar do ocorrido no início do mês. O crime aconteceu no bairro Haise Maria, na ocasião 21 gatos e três cães foram envenenados, os cachorros resistiram à morte, mas os gatos não.

A passeata, organizada por defensores dos animais em Araras, teve como ponto de partida à Clínica Veterinária Agrovit na avenida Emílio Pacagnella, Parque das Árvores.

De acordo com a organização da passeata, o principal intuito do protesto foi conscientizar as pessoas sobre ser crime o envenenamento, além de outros maus tratos à animais.

 

O Crime

O envenenamento aconteceu no último dia 1º de outubro. De acordo com o boletim de ocorrência, 21 gatos e três cachorros foram envenenados com o uso de salsichas e ração. Os animais eram/são de uma cuidadora que mora na região. Na casa dela, antes do incidente, possuíam 35 cachorros e 28 gatos, porém agora restaram vivos apenas sete gatos, além de 10 filhotes de felinos que acabaram ficando sem suas “mães”, já que estavam entre as vítimas.

Conforme informações da cuidadora dos animais, que conta com o apoio de ONGs para os cuidados dos “bichos”, teve gato que foi encontrado morto em cima do telhado.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*