O primeiro homicídio em Araras de 2017 foi registrado neste final de semana. A vítima foi Everton Henrique de Carvalho, 29, que teve seu corpo encontrado em um canavial de uma estrada vicinal na zona rural. Em 2016, o primeiro registro de homicídio aconteceu apenas em abril.

Everton tinha 29 anos e morava no Jardim Piratininga, zona norte
Everton tinha 29 anos e morava no Jardim Piratininga, zona norte

Desaparecido desde sábado (13), Everton foi encontrado morto no domingo (15) com diversos ferimentos na cabeça e no rosto. Dois homens que foram presos acusados do roubo de uma motocicleta, no dia anterior ao encontro do corpo, estão entre os suspeitos do assassinato.

O carro da vítima foi encontrado na noite anterior, próximo ao local em que o corpo foi achado pelo cunhado de Everton. O veículo estava capotado na estrada rural que liga Araras a Conchal.

Everton tinha 29 anos, era solteiro e morava na rua Tiete, 195, no Jardim Piratininga. O sepultamento do jovem ocorreu na tarde de ontem (16), no Cemitério Municipal de Araras.

 

Investigação

O caso é investigado pela Polícia Civil de Araras. Segundo o chefe dos investigadores Fernando Simoneto, ainda são aguardados alguns laudos periciais para auxiliar na descoberta de quem cometeu o crime.

Carro da vítima foi localizado na noite anterior em que o corpo foi encontrado
Carro da vítima foi localizado na noite anterior em que o corpo foi encontrado

Muito se falou na cidade sobre a suspeita de que os autores do homicídio teriam sido dois homens presos na noite anterior ao crime. A dupla foi presa pela Guarda Municipal após o roubo da motocicleta de um casal no sábado (14), na avenida Luiz Carlos Tunes (Via Novela). Testemunhas disseram ter visto os suspeitos e a vítima, até então desaparecida, juntos e nadando em uma represa.

A prisão ocorreu após a denúncia do roubo da moto, que logo foi vista por guardas municipais. Durante a abordagem, os suspeitos teriam dito que a motocicleta era emprestada, mas, na Delegacia, as vítimas reconheceram a dupla como sendo os autores do roubo.

Segundo a Polícia Civil, a prisão da dupla vai contribuir muito com as investigações. “A Guarda Municipal auxiliou prendendo os dois ladrões e também ao encontrar o carro da vítima capotado, onde, no dia seguinte, seria encontrado o carro do rapaz”, explicou o chefe dos investigadores.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*