Maria Alice Betine, Alexandre Rodrigues, Vera Squisat e Jorge Alves de Oliveira foram os representantes de Araras na manifestação realizada em Brasília.

Representantes da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) de Araras, juntamente aos membros da CUT (Central Única dos Trabalhadores), participaram de manifestação contra a política econômica de governo, realizada na última terça-feira, dia 28, em frente ao Ministério da Fazenda, em Brasília/DF. O protesto ocorreu na mesma data em que o Copom (Comitê de Política Monetária) se reuniu para definir a nova taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia), que é a taxa básica de juros da economia brasileira.

Maria Alice Betine, Alexandre Rodrigues, Vera Squisat e Jorge Alves de Oliveira foram os representantes de Araras na manifestação realizada em Brasília.
Maria Alice Betine, Alexandre Rodrigues, Vera Squisat e Jorge Alves de Oliveira foram os representantes de Araras na manifestação realizada em Brasília.

Segundo a organização do ato, mais de 1 mil pessoas estiveram no local ressaltando que os ajustes promovidos pelo atual ministro da pasta, Joaquim Levy, estão prejudicando a classe trabalhadora.

O coordenador regional da Apeoesp e um dos representantes ararenses que estiveram em Brasília, Jorge Alves de Oliveira, comentou o motivo da manifestação. “Estamos lutando contra isso, para que a classe trabalhadora não seja ainda mais prejudicada, inclusive os professores. Chega de colocar todo o peso da política econômica sobre os ombros dos trabalhadores, enquanto isso, a taxação das grandes fortunas passa longe. Que paguem a conta aqueles que sempre viveram do capital especulativo e da exploração da mão de obra barata. E não aqueles que realmente produzem e fazem o país crescer”, disse.

Nos protestos em Brasília estiveram presentes os ararenses Jorge Alves de Oliveira, Maria Alice Betine, Alexandre Rodrigues e Vera Squisat.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*