A nova escola do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), construída na avenida Ignácio Zurita Neto, no bairro Campinho, será entregue pela construtora responsável pelas obras no dia 13 de julho. Um grupo de integrantes do Depar (Departamento de Ação Regional) da Fiesp (Federação das Industrias do Estado de São Paulo) visitou as instalações na manhã de ontem, dia 24, após um reunião da equipe. No próximo semestre os alunos já estarão na nova escola, cujas aulas começam no dia 27 de julho.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Geração de Emprego e Renda, Leonardo Dias, visitaram as instalações o presidente do Prodeia (Programa de Desenvolvimento Econômico, Integrado de Araras) – Salvador Messias Brambilla, o diretor do Sesi (Serviço Social da Industria) – Alexandre Barreto, o empresário Etienne Henrique Jensen e diretor da Bardella – Moacir Marques Pereira, entre outros convidados.

O novo Senai “Ivan Fábio Zurita” está sendo construído em terreno com 33,9 mil m² de área. Desse total, 12,9 mil m² são destinados ao projeto que obedecerá ao padrão modular do Senai, incluindo dependências térreas. A estrutura contará ainda com oficinas e laboratórios.

A planta da nova escola está dividida em oito blocos. O bloco A irá abrigar a área administrativa, com sala de reuniões; o bloco B, uma biblioteca – o acervo estará disponível para a comunidade também. No bloco C, a escola disponibilizará as áreas voltadas para cursos de Metalmecânica, Manutenção, Pedreiro, Assentador, Instalações Hidráulicas, CNC, CAD, Laboratórios de Metrologia, Oficinas de Mecânica de Usinagem e Mecânica de Manutenção.Senai (2)

Já o bloco D terá uma área de Eletroeletrônica, Instrumentação e Controle de Processos. O mesmo bloco terá ainda espaço para ensino de Costura Industrial, Comandos Elétricos, Caldeiraria, Refrigeração, Soldagem, Informática e Instalações Elétricas.

O bloco E irá abrigar um auditório com 120 lugares, com infraestrutura de imagem e som. No bloco F, haverá uma área exclusiva para o atendimento da área de Alimentos.

O bloco G será composto por área de lazer, com uma quadra poliesportiva; e o bloco H irá atender à demanda de operadores de empilhadeiras.

A nova unidade vai oferecer cursos de tecnologia nas áreas de metalmecânica, eletroeletrônica, caldeiraria, alimento e plásticos. Dentro desses segmentos serão realizados também vários cursos de curta duração para atender principalmente às empresas da cidade.

A obra é realizada pela Construtora Lucktrade Ltda, vencedora do processo licitatório. A doação do terreno foi a contrapartida da Prefeitura para a construção da nova escola. A administração municipal também forneceu serviços de infraestrutura para a construção da unidade, como rede de água potável, de esgoto, luz e energia, guias, sarjetas, galerias pluviais, iluminação pública e asfaltamento das vias públicas de acesso ao local. A reportagem não conseguiu confirmar a informação com a assessoria do Senai.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*