Após o jovem ser socorrido ele foi reanimado no próprio local pelos Bombeiros e a equipe do Samu, porém 5 horas após o incidente acabou não resistindo e morrendo

O que era para ser uma história de heroísmo e luta pela vida, acabou tendo um triste desfecho. Um rapaz de 19 anos de idade acabou não resistindo e morrendo após ser salvo com vida de um afogamento na represa Hermínio Ometto, zona oeste da cidade, na tarde de ontem, dia 9. O afogamento do jovem aconteceu por volta da 13h30, porém às 18h05 ele teve uma parada cardiorrespiratória e morreu.

Após o jovem ser socorrido ele foi reanimado no próprio local pelos Bombeiros e a equipe do Samu, porém 5 horas após o incidente acabou não resistindo e morrendo
Após o jovem ser socorrido ele foi reanimado no próprio local pelos Bombeiros e a equipe do Samu, porém 5 horas após o incidente acabou não resistindo e morrendo

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Araras, o jovem ficou cerca de 15 minutos submerso nas águas da represa até ser resgatado e, após reanimação, sobreviver.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Araras, o rapaz estava nadando no local e se afogou, logo após perceberem, outras pessoas que estavam no local comunicaram os bombeiros que rapidamente se deslocaram para a represa. “Chegamos no local e rapidamente fomos para a água com apenas nadadeiras, esnoque e máscaras (mergulho livre). Foram necessários quatro mergulhos, no terceiro localizamos o afogada a cerca de 5 metros abaixo no nível da represa. No quarto mergulho o socorremos, tiramos ele da água e iniciamos a reanimação cardiopulmonar até a chegada da equipe do Samu (Serviço de Atendimento Municipal de Urgência) que finalizou o salvamento do rapaz e conduziu ele com vida até o hospital”, explicou o cabo Germano do Corpo de Bombeiros de Araras antes da notícia do óbito do jovem.

 

Riscos

Após o afogamento, um dos bombeiros envolvidos na ação, cabo Dearo, ressaltou sobre os riscos de afogamentos. “Nunca devemos nadar onde não conhecemos, principalmente quem não sabe nadar. Devemos sempre estar com equipamentos de segurança, além de não ter ingerido bebidas alcoólicas”, frisou alguns riscos.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*