A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura explica regras e procedimentos para recolhimento e castração de animais no Canil Municipal

Para que um animal seja alojado no Canil ele precisa ser errante, em situação de mau-tratos, atropelado ou em situação de doença terminal.Para a castração os animais são, preferencialmente, sem proprietários

 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura divulga que o Canil Municipal de Araras está atualmente com 90 animais, entre cães e gatos. A pasta também explica em quais condições o Canil recebe animais e quais as regras e procedimentos para realizar a castração.

 

Recolhimento de animais

De acordo com regras do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) do Ministério Público, o sistema de recolhimento de animais deve ocorrer de forma seletiva, sendo de animais em situação de rua, limitando-se àqueles que representem risco à saúde e à segurança das pessoas e estejam em situação de sofrimento físico ou doença terminal, mediante parecer prévio de médico veterinário.

O veterinário do Canil Municipal, Caio Kühl Assis, explica ainda que “quando ocorrem denúncias de ninhadas de filhotes abandonadas, por meio do 156, o profissional do Canil se desloca até o local para averiguar a veracidade da denúncia e quando observa que os filhotes não possuem condições de sobrevivência ou algum lar temporário, eles são imediatamente recolhidos”, disse.

De acordo com o veterinário, animais levados até o Canil não são acolhidos, ainda que estejam nas condições mencionadas. “Muitas pessoas usam de má-fé para se desfazerem de animais sob sua responsabilidade, alegando que esses são errantes e foram resgatados. Por isso, há necessidade do profissional se deslocar até o local da ocorrência para averiguar a veracidade da denúncia”, explicou.

O profissional comentou ainda que, ao chegar ao Canil, o animal é alojado em uma baia, recebe o atendimento veterinário para avaliação e tratamento necessário, é mantido em observação durante alguns dias para garantir que a sua saúde esteja boa e, estando saudável, é esterilizado e destinado à doação.

O Canil realiza feiras de adoção de animais durante todo o ano. A data e o local são divulgados pela Prefeitura Municipal. Os animais que não são adotados na feirinha retornam ao Canil.

Castração de animais

A castração dos animais também é tema de grande importância no município, visto que muitos munícipes desconhecem as regras para o serviço realizado no Canil. Em 2018 foram 352 animais castrados, porém, a castração no Canil ocorre, preferencialmente, para animais errantes, sem proprietários, animais provenientes de denúncias no 156, fêmeas errantes no cio, animais encontrados em prédios públicos e os que foram adotados quando filhotes no próprio Canil.

“Quando um munícipe possui um animal que não tenha sido adotado no Canil e apresenta interesse na castração gratuita, este deve se cadastrar no setor com cópia dos documentos, entrando em uma fila de espera e sendo chamado quando a Prefeitura contratar, por meio de licitação, o serviço de castração terceirizada. Estes animais, por ordem de cadastro, passam por uma triagem e são encaminhados à cirurgia”, explica Caio.

O Canil Municipal de Araras fica na Estrada Luiz Segundo D’Alessandri s/n. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3544-4413.

Mais notícias