O Saema (Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente) de Araras vai liberar a água durante o fim de semana de Páscoa, de hoje, dia 2, a domingo, dia 5, retornando com o rodízio na segunda-feira, dia 6.

Durante esses quatro dias, serão assegurados abastecimento ininterrupto de água para toda a cidade. Nesse período, a autarquia aproveitará para fazer um comparativo do volume de água tratada em relação aos dias que sucederam a nova campanha de economia de água – Água – Use, Não Abuse. Nosso grande desafio, lançada em 11 de março.

Período servirá para o Saema avaliar o real consumo da população

“São dias nos quais as famílias se unem em grande número. E como fizemos nas festas de fim de ano, queremos proporcionar aos nossos munícipes a oportunidade de terem água durante todo o dia. Mas, lembramos que a economia tem que continuar sendo feita”, disse o prefeito Nelson Dimas Brambilla.

Esse período também servirá para o Saema avaliar o real consumo da população, numa situação normal de oferta de água, para que possa traçar as estratégias para o período de estiagem, que já se inicia.

“Estamos muito longe de atingirmos nossa meta que é 25 milhões de litros de água tratada por dia. Mas compreendemos que a mudança de hábito carece de um tempo. Reforçamos o pedido para que a nossa população faça economia”, falou Felipe Dezotti Beloto, presidente do Saema.

Apesar das atividades e ampla divulgação que vêm sendo feitas com a nova campanha, o volume de água tratada para abastecer a cidade durante um dia no sistema de racionamento vigente (12×36 horas) tem aumentado consideravelmente, batendo recorde. Na última sexta-feira, dia 27, por exemplo, o volume chegou a 40.716.000 litros.

Com a nova campanha, a autarquia espera chegar ao volume de 25 milhões de água tratada diariamente, o que proporcionaria apenas o uso da água que é captada do Rio Mogi Guaçu, mantendo assim as reservas nas represas, tendo em vista o longo período de estiagem.

“Nós temos que esperar o melhor, mas nos prepararmos para o pior”, diz Beloto. “Então vai ser importante avaliarmos o consumo nestes dias em que excepcionalmente o abastecimento será pleno para decidir os próximos passos”, complementa. (Com informações Secom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*