Primeiras trocas são feitas no Centro, Bosque de Versalles e jardins Copacabana e Geny Mercatelli

O Saema (Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente) de Araras deu início nesta semana a substituição e instalação de 11 mil novos hidrômetros em residências, comércios e indústrias, em diversas regiões da cidade – a medida faz parte do Plano de Metas de enfrentamento da crise hídrica estabelecido no início do ano.

Os serviços consistem na retirada de hidrômetros danificados, que impossibilitam a leitura precisa, e a substituição por novos dispositivos. O objetivo da manutenção é reduzir as perdas físicas de água tratada, pois muitos deles não estão registrando o consumo correto. Os aparelhos substituídos possuem diâmetros de 3/4″ e/ou 1”.

Primeiras trocas são feitas no Centro, Bosque de Versalles e jardins Copacabana e Geny Mercatelli
Primeiras trocas são feitas no Centro, Bosque de Versalles e jardins Copacabana e Geny Mercatelli

As primeiras trocas são realizadas na região do Centro e nos bairros Bosque de Versalles e jardins Copacabana e Geny Mercatelli. “É mais uma etapa que estamos começando a cumprir dentre as que definimos. É muito importante termos o controle dessas perdas físicas de água para podermos reduzir ao menor volume possível”, disse o presidente da autarquia Felipe Dezotti Beloto.

O prazo previsto para execução de todo o serviço é de aproximadamente 11 meses, contados a partir da assinatura da ordem de serviço. O investimento é de R$ 104.900,00. Antes da abertura da licitação a previsão de gasto era de 211.833,11 – houve uma redução de gasto de 106.933,11.

Os serviços são executados pela empresa Daniel Trentim – ME, vencedora da licitação, que é responsável pelo fornecimento de toda a mão de obra, ferramentas e equipamentos necessários para instalação, com exceção dos hidrômetros que foram adquiridos pelo Saema. (Com informações Secom).

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*