Só em 2015, entre janeiro e setembro, mais de 66 mil 2ªs vias de CNHs foram emitidas por meio de pedidos eletrônicos

O motorista que precisa da 2ª via da Carteira Nacional e Habilitação (CNH), seja por motivo de perda, furto, roubo ou mau estado de conservação, pode solicitar o documento de forma online, sem sair de casa. O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) oferece o serviço tanto em seu aplicativo de serviços para tablets e smartphones quanto pelo portal www.detran.sp.gov.br.

O primeiro passo é fazer um cadastro no portal do Detran-SP para criar login e senha de acesso aos serviços online. Depois, para pedir pela própria página, basta clicar em “Acesse os Serviços Online”, e depois em ”2ª via da CNH”.

Para solicitar a nova via da habilitação por meio de dispositivos móveis, o cidadão tem de baixar gratuitamente o aplicativo “Detran-SP” nas lojas virtuais Google Play ou Apple. Uma vez baixado, o acesso é feito com o mesmo cadastro do portal, selecionando “Pedir 2ª via da CNH” no aplicativo.

Só em 2015, entre janeiro e setembro, mais de 66 mil 2ªs vias de CNHs foram emitidas por meio de pedidos eletrônicos. “Temos investido muito em tecnologia para facilitar o acesso aos serviços de trânsito e dar mais comodidade aos cidadãos. Ao oferecer a opção de pedir o documento de forma eletrônica também otimizamos o atendimento nas unidades, pois só quem realmente precisar fazer um serviço pessoalmente irá ao posto”, ressalta Daniel Annenberg, diretor-presidente do Detran-SP.

Só em 2015, entre janeiro e setembro, mais de 66 mil 2ªs vias de CNHs foram emitidas por meio de pedidos eletrônicos
Só em 2015, entre janeiro e setembro, mais de 66 mil 2ªs vias de CNHs foram emitidas por meio de pedidos eletrônicos

Os custos para obter a 2ª via do documento são de R$ 35,06 da taxa de emissão e mais R$ 11 do envio pelos Correios. A partir da emissão, o documento é entregue em até sete dias úteis no endereço em que Carteira Nacional de Habilitação (CNH) está cadastrada junto ao Detran-SP. Por isso, é imprescindível que o endereço esteja atualizado.

É importante esclarecer que nenhum documento (nem mesmo boletim de ocorrência) substitui a habilitação. Por isso, o motorista que, eventualmente, ficar sem o documento, terá de aguardar a 2ª via para voltar a dirigir.

O porte da CNH original é obrigatório. O condutor que infringir essa norma pode ser multado em R$ 53,20 e receber três pontos no prontuário, pois é considerada uma infração leve, conforme prevê o artigo 232 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O passo a passo para pedir a 2ª via da CNH pode ser consultado no portal www.detran.sp.gov.br, na área de “CNH-Habilitação”.

 

Serviços Eletrônicos

No portal do Detran-SP, o cidadão pode realizar 23 serviços de trânsito relacionados à Carteira Nacional de Habilitação (como 2ª via da habilitação e CNH Definitiva), veículos (comunicação de venda e pesquisa de débitos e restrições) e infrações (consulta de multas e solicitação de recurso de penalidade), entre outros. Basta fazer cadastro e criar login e senha, que garantem a segurança dos dados pessoais. Existem mais de 9,5 milhões de usuários cadastrados no portal.

O Detran-SP oferece, ainda, dois aplicativos gratuitos para tablets e smartphones, com cinco funcionalidades: solicitar 2ª via da CNH e acompanhar a emissão do documento; consultar multas do próprio veículo, pontos da própria CNH e débitos/restrições de veículos de terceiros; e simulado de prova teórica. Os aplicativos estão disponíveis para as plataformas Android e iOS. Mais de 1,3 milhão de pessoas já fizeram o download dos apps.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*