Inteligência artificial, câmeras, sensores e mapas são quatro principais ferramentas de um veículo sem motorista

A indústria automotiva está investindo forte nesta tecnologia, que promete deixar o trânsito melhor e mais prático.

A Uber é uma das empresas mais adiantadas nessa área. O sistema desenvolvido deve ser aplicado em carros de montadoras por meio de parcerias: Volvo e Otto já estão na concorrência.

A Google, que já realizou testes com adaptações em modelos de grandes montadoras, hoje usa um veículo próprio, menor, sem volante ou pedais.

No início deste ano, a fabricante de processadores Intel, anunciou uma parceria com a NavInfo para desenvolver mapeamento e afins para carros autônomos na China

Pela Tesla, o Autopilot guia o veículo analisando dados do trânsito, mas ainda assim com ajuda do motorista, que segundo a empresa, deve estar no controle a todo momento.

JÁ as marcas Samsung e Apple possuem a mesma ideia: fornecer equipamentos e tecnologias em vez de trabalhar do zero na montagem de um automóvel. As informações são do site Uol.

Mais Notícias

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*