Troca de iluminação no Parque Ecológico contará com a instalação de 100 novos postes - Créditos: Sérgio Calori/Secom
Troca de iluminação no Parque Ecológico contará com a instalação de 100 novos postes –
Créditos: Sérgio Calori/Secom

O sistema de iluminação do Parque Ecológico e Cultural Gilberto Rüegger Ometto está recebendo a instalação de quadro novos padrões de energia. Atualmente, o parque possui quatro que também terão a potência aumentada. Isso tudo está sendo feito para que o parque tenha a iluminação reforçada e revitalizada.

Serão instalados um total de mais de 100 postes, com duas alturas diferentes – 7m e 12m – e lâmpadas de vapor metálico, que proporcionam mais luminosidade em relação às existentes hoje em dia, de vapor de sódio.

A nova iluminação contará também com mais de 30 refletores, que serão acoplados em caixas próximo a algumas das árvores mais frondosas e em pontos estratégicos para criar um efeito cênico, que hoje já existe em alguns pontos da Praça Barão de Araras.

A empresa responsável pelo serviço de troca de iluminação do Parque Ecológico é a G. Energy, vencedora da licitação da obra. A previsão é que o trabalho seja concluído em agosto.

 

Outras melhorias no Parque Ecológico

Com investimentos de R$ 1,2 milhão, o Parque Ecológico terá ainda três novos playgrounds, sendo um deles com brinquedos acessíveis para pessoas com deficiência. Os parquinhos serão instalados em dois pontos diferentes, um mais próximo ao Conjunto Habitacional Heitor Villa-Lobos e outro perto do recinto de eventos.

As academias de ginástica ao ar livre também serão distribuídas em pontos estratégicos, de modo a facilitar o acesso de moradores tanto do Villa-Lobos e região quanto de quem vive no Jardim Luíza Maria e bairros próximos.

Junto a um dos playgrounds – o que ficará mais perto do Villa-Lobos, haverá ainda um conjunto com banheiros masculino, feminino e para deficientes.

Estão previstos também neste projeto específico a conservação das margens do lago (chamadas de “prainhas”), a construção de três lombofaixas – duas na José Pavan e outra na Melvin Jones, a construção de uma mureta de floreira dividindo o recinto da Festa do Peão do restante do Parque, reparos gerais, instalação de dois bebedouros, novo paisagismo, além da retirada de três eucaliptos que estão com as raízes danificadas, próximo à loja de construção Bom Retiro.

 

Calçamento e equipamentos de madeira

Paralelamente a isso, o Parque Ecológico também terá novas calçadas. Projeto elaborado pela Secretaria de Planejamento, Gestão e Mobilidade e executado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas prevê a construção de 3,2 mil m² de novos passeios públicos no interior do Parque.

As obras já tiveram início e envolvem também a retirada de 1,7 mil m² da camada asfáltica deteriorada, que será substituída por novos passeios públicos.

Além disso, o projeto elaborado pela Secretaria de Planejamento também inclui a construção do prolongamento de um dos passeios públicos do espaço, completando todo o entorno de um dos lagos com calçadas e dando acesso à Avenida Melvin Jones e ao Parque Linear do Córrego do Andrezinho.

Além disso, as estruturas de madeira que decoram e garantem acessibilidade a algumas áreas do local também estão passando por manutenção.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*