O Campus da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) de Araras está em greve, juntamente com as outras unidades – São Carlos e Sorocaba/SP, há mais de 50 dias. Os servidores técnico-administrativos da universidade pedem por reajuste salarial, reposição de perdas salariais, reestruturação da carreira, melhores condições de trabalho, aumento de investimentos, entre outras reivindicações.

Segundo o coordenador geral da Fasubra (Federação de Sindicatos dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil), Rogério Marzola, a greve já atinge 63 das 61 universidades federais do país e não há prazo para terminar. “A greve não é só por questão salarial, é também contra os cortes que o governo tem feito na educação. Nos dias 5 e 6 de agosto estaremos em Brasília para protestar e reivindicar pelos direitos que pedimos”, comentou.

A Greve dos servidores técnico-administrativos das universidades federais teve início no último dia 29 de maio.

campus-cor
Campus da UFSCar em Araras.
faixa-cor
Faixa indicando a Greve dos Servidores da universidade.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*