Além da prisão em flagrante dos envolvidos também foi apreendida a quantia de R$10 mil que pagaria a tentativa do suborno

Uma informação equivocada foi publicada na edição de ontem, dia 4, no Opinião Jornal em que trouxe como manchete “Procurado pela justiça e chefe de quadrilha tentam subornar PMs e são presos em Araras”. A notícia relata o caso de dois homens, que são irmãos, e que foram presos após tentarem subornar dois policiais militares durante uma prisão.

De acordo com a matéria, um dos homens já era procurado pela justiça e seu irmão seria um possível chefe de quadrilha de roubo à carga, segundo a PM, entretanto, o segundo homem, o irmão do procurado, não é suspeito por outros crimes como relatado na publicação.

O erro aconteceu após conversa entre a reportagem e um dos policiais envolvidos na ação. A informação foi mal interpretada pelo repórter. Segundo o PM, o homem envolvido com uma possível chefia de quadrilha é o mesmo que é procurado, já seu irmão, que foi responsável por levar o dinheiro da tentativa de suborno até o local do crime, não tem envolvimento com qualquer quadrilha.

 

Caso

Os policiais militares realizavam a prisão de um procurado pela justiça, por receptação, até que o mesmo tentou suborná-los com R$10 mil. O dinheiro, porém, foi levado pelo seu irmão, a pedido do procurado, até o local da abordagem, um posto de combustíveis localizado na rodovia Anhanguera (SP-330). Durante a entrega do dinheiro foi dada a voz de prisão aos homens, que foram presos por corrupção ativa e a quantia em dinheiro apreendida.

De acordo com a Polícia, os PMs realizavam um cumprimento de mandado de prisão de um homem que estaria procurado pela justiça, porém durante a abordagem, os policiais foram surpreendidos por uma proposta do indiciado. Ele alegou que daria R$10 mil para que o liberassem. Ainda segundo os policiais, por uma estratégia fingiram aceitar o suborno que seria entregue por seu irmão.

No momento em que os policiais se encontraram com o segundo homem foi dada a voz de prisão.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*